Pular para o conteúdo

Mais 700 exames foram feitos no Into/Acre em sete dias

Com uma semana de inaugurado, o Centro de Diagnóstico por Imagem do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into/Acre) já atendeu, aproximadamente, 500 pessoas e realizou mais de 700 exames, entre tomografia computadorizada, ressonância magnética nuclear, raios-X digital e ultrassonografia. O objetivo é zerar a fila de espera para realização desses exames no Estado.

Para oferecer mais agilidade e comodidade aos pacientes, a Central de Regulação do Estado entra em contato, por telefone, com aqueles que estão com agendamento para esses exames, no Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco, informando o dia e hora do atendimento.



O padeiro Tarcísio Rodrigues, 42 anos, é um dos pacientes beneficiados com o serviço. Ele aguardava na fila de espera para fazer uma ressonância magnética e um raios-X da coluna. Esses exames são importantes para auxiliar o médico no diagnóstico do problema de saúde de Tarcísio.

“Agora temos um lugar bem estruturado para fazer esses tipos de exame. Acredito que de agora em diante o atendimento será mais rápido. Fiquei satisfeito em receber a ligação, informando que hoje eu faria meus exames”, disse.

Maria Costa Pessoa, 63, disse que sofre com problemas na coluna, artrose e artrite. Por conta da doença, Maria está impossibilitada de fazer algumas atividades do cotidiano, como limpar a casa, por exemplo. Ela aguardava o exame de ressonância para dar continuidade no tratamento da doença.

“Esse exame é muito caro e não tenho condições de pagar. Não reclamo por ter esperado um pouco, reconheço que tem muita gente precisando também. O importante é que buscaram solução para atender a todos nós”, contou Maria. (Mônica Araújo / Ascom Sesacre)

error: Conteúdo protegido!!!