Pular para o conteúdo

Operação Brasil Integrado combate crimes transfronteiriços no Acre

 Nas primeiras horas da última quinta-feira, 6, teve início no Acre a Operação Brasil Integrado, na fronteira com o Peru e a Bolívia.

As ações se deram simultaneamente em toda a região do Alto e Baixo Acre. Várias instituições trabalharam em parceria realizando abordagens.



O secretário de segurança, Emylson Farias, expõe que o objetivo da operação é combater os crimes transfronteiriços. “Iremos fiscalizar as BRs 364 e 317 e a zona rural de sete cidades acreanas do ‘Arco Fronteiriço’ do Estado para combater o tráfico de drogas, armas, contrabando e descaminho, além de outros ativos criminais, como veículos furtados e roubados”, observa.

Participam da operação articulada pela Secretária Nacional de Segurança Pública (Senasp) as polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Federal e a Força Nacional, além do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Receita Federal, Exército, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama). As ações foram coordenadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Ao longo das BRs 364 e 317, foram feitas barreiras fixas e móveis, além de cinturões de policiamento na faixa de fronteira, em pontos fixos e móveis, nas rodovias federais e estaduais que dão acesso a Rio Branco.

Cinturão de policiamento – Criada em dezembro do ano passado, a Operação Brasil Integrado é coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça. No Acre, pela Secretaria de Segurança, que este ano foi marcada por cinturões de policiamento na faixa de fronteira.

Quanto ao trabalho integrado de enfrentamento aos crimes fronteiriços, Emylson Farias, secretário de Segurança, destacou que, há seis meses, quando iniciou sua gestão à frente da Sesp, fixou a integração das forças de segurança como uma de suas bandeiras.

“Temos que estar juntos, dentro de um mesmo planejamento e estratégia de gestão, com objetivos comuns”, disse o secretário.

Balanço do dia – No primeiro dia da Operação Brasil Integrado no Acre, 380 pessoas foram abordadas, e 486 veículos e 1.428 itens de produtos, apreendidos.

Participaram da incursão 98 agentes de segurança, com apoio do helicóptero Harpia 01. A ofensiva das forças de segurança do Estado e da União continua.

error: Conteúdo protegido!!!