Pular para o conteúdo

Deputados se reúnem com moradores do assentamento Campo Alegre

Deputados receberam os moradores da comunidade Campo Alegre, em Capixaba. (Foto: Cedida)
Deputados receberam os moradores da comunidade Campo Alegre, em Capixaba. (Foto: Cedida)

Os deputados que compõem a Comissão de Legislação Agrária do parlamento estadual receberam na manhã de terça-feira, 25, moradores da comunidade Campo Alegre, situada no município de Capixaba. Na ocasião, os munícipes pediram apoio aos parlamentares quanto a investimentos e melhorias na estrutura física do local.

“O que desejamos é que os deputados estaduais possam buscar junto ao governo uma forma de nos ajudar. Temos algumas demandas, porém, as principais são melhorias nos ramais, bem como a construção de uma ponte e também a instalação de energia elétrica no local”, disse o representante da comunidade, vereador José Nilton.



Ainda de acordo com o parlamentar, das 50 famílias alocadas na comunidade, 34 são oriundas da Bolívia. “A urgência nessa demanda é porque ali estão muitas das famílias brasileiras que foram expulsas da Bolívia e se assentaram por aqui. Elas precisam encontrar uma forma de ganhar o seu sustento novamente, mas para isso faz-se necessário do mínimo possível, ou seja, de estrutura”, falou o vereador.

O deputado Antonio Pedro (DEM), autor do requerimento que pediu a reunião entre os moradores e a Comissão, destacou a necessidade de uma conversa entre a Comissão e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para tratar sobre o caso das famílias provenientes da Bolívia.

“Vamos intermediar uma conversa entre a comunidade e o órgão para saber o que realmente está acontecendo. Nosso objetivo é dar uma solução ao impasse, portanto, vamos pedir informações sobre todos os processos envolvendo energia, moradia e abertura de ramais”, disse.

O presidente da Comissão, deputado Lourival Marques (PT), salientou que além da audiência com o Incra, estarão também entrando em contato com o secretário de Estado de Agropecuária do Acre e Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre), para viabilizar o envio de tratores para efetuar a melhoria nos ramais.

Ele frisou também que será viabilizada uma conversa com representantes do Programa Luz para Todos para confirmar se as famílias do assentamento já estão registradas para receberem o benefício.

error: Conteúdo protegido!!!