Pular para o conteúdo

Governo investe mais de R$ 3 milhões em infraestrutura escolar

As secretarias de Estado de Educação e Esporte (SEE) e de Infraestrutura e Obras Públicas (Seop) realizam intervenções e obras de infraestrutura em diversas escolas do Estado.

Recentemente, as ações estão voltadas para a construção de quadras poliesportivas. Os investimentos ultrapassam os R$ 3 milhões. “Com diferencial de integração com acessibilidade e vestiários femininos e masculinos”, destacou Átila Pinheiro, diretor de Obras da Seop.



As adaptações são normativas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), fonte de recursos das obras, que também contam com investimentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Para as construções, o FNDE segue critérios específicos, como ter ações do Mais Educação, mais de 500 alunos e área livre, entre outros requisitos.

Uma das próximas quadras a ser entregue é a da Escola Estadual Lindaura Martins Leitão, que passou por mudança de endereço. O ensino médio foi integrado ao Colégio Estadual Armando Nogueira (Cean) e o fundamental foi transferido para o novo prédio, no bairro Jardim Eldorado, local que recebeu a quadra poliesportiva.

“Esse novo espaço é de suma importância, porque veio beneficiar uma regional periférica, que não tem esse tipo de dispositivo perto”, destacou Marcionílio de Oliveira, coordenador de ensino.

Escola Estadual de Ensino Fundamental Governador José Augusto
Os 570 alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Governador José Augusto foram os primeiros a receber a quadra com novo padrão este ano. Inaugurada em 2009, a estrutura escolar contava apenas com playground para atender as crianças. Agora possui quadra, vestiários e portão de acesso, um espaço próprio para as atividades escolares.

A diretora Adna Charife lembra que, além de espaço para lazer e atividades físicas das crianças e pré-adolescentes, há também o uso do espaço pela comunidade da região da Baixada do Sol, onde está localizada a escola.

“Esse é um espaço aberto para igrejas, organizações não governamentais e associações de moradores, entre outros, que realizam diversas atividades para benefício da comunidade”, destacou.

O valor da obra foi de R$ 623.711,77 empregados na área de edificação de 980,40 m². Foram construídos vestiários, quadra coberta, piso e portão de acesso. “Está todo mundo comemorando, todo mundo feliz. Ganha toda a comunidade”, reforçou a diretora.

Marco Brandão, titular da SEE, explica que a melhoria da qualidade do ensino e a diversificação da formação dos alunos passam pelos diferentes componentes curriculares e também pela formação humana, intelectual e de bem-estar. “Representam também a diversificação dos espaços didáticos, para que novas possibilidades possam surgir no ambiente da escola visando a formação dos nossos alunos”, finalizou. (Celis Fabrícia / Agência Acre)

error: Conteúdo protegido!!!