Faltando pouco tempo para as festas de final de ano, procura por passagens aéreas e terrestre aumentam

 

As festas de final de ano chegando, e a vontade de viajar do acreano sempre aumenta nesse período. Mas, deixar para se organizar no último instante, costuma deixar o que seria lazer em um verdadeiro sofrimento devido aos altos preços de passagens aéreas.

Aqueles dias de folga no Natal e no Ano-Novo são os mais concorridos, mas com algumas dicas, é possível gastar o menos possível. Basta ficar atento às oportunidades.

“É preciso encarar o fato de que essa é a época mais concorrida do ano, mas as agências fazem saldões a todo momento”, conta a gerente de vendas de uma agência de turismo, Viviane Pio. Nessa hora, é preciso estar pronto para aderir à promoção, antes que as vagas se esgotem.

Além disso, há pacotes já prontos, que podem se adquiridos, mas também é possível pensar em novos destinos.

A enfermeira Ivanilde Rocha, unirá toda a família para passar o Natal em Caldas Novas, Goiás. Ela explicou que como vai a família toda, a logística é melhor. “Fizemos a conta e de carro fica mais tranquilo. Se fôssemos de avião, teríamos de alugar um carro por lá”.

Mas, tem companhias aéreas que vão aproveitar a Black Friday para lançar promoções tentadoras. Algumas já lançaram como a Gol, que oferece bilhetes de ida e volta de Rio Branco para o Rio de Janeiro pagando R$ 953,25, incluindo as taxas. Já o trecho de Cruzeiro do Sul para o Rio de Janeiro é possível comprar as passagens aéreas de ida e volta por R$ 1.060,88, incluindo as taxas de embarques.

Vale ressaltar que as passagens seriam para viagens ente os dias 13 e 20 de março de 2018. Já para quem deseja conhecer os municípios do interior do Acre, o investimento numa viagem terrestre é menor, e a expectativa para o período é grande.

De Rio Branco a Cruzeiro do Sul, por exemplo, o percurso está sendo feito pelas três empresas que oferecem transporte em até 12 horas, tempo considerado normal para a distância de 648 km entre as duas localidades

Estima-se que 300 passageiros por dia embarquem até o fim do período de festas. Apesar do rigoroso inverno, a estrada apresenta boas condições de trafegabilidade, aumentando assim, as expectativas de aumento nas vendas de passagens.

Além disso, o consumidor que pretende encarar uma viagem de última hora deve estar atento que todo ano começa com uma série de despesas, como as contas de IPVA, IPTU, matrícula, uniforme e material escolar, entre outras.

“O início do ano já é uma época de grandes gastos para a maioria das famílias, e a viagem escolhida para o lazer de fim de ano não pode gerar dívidas que prejudiquem o orçamento”, orientam os economistas.

 

 

 

Assuntos desta notícia