Pular para o conteúdo

Após três execuções em menos de 48 horas, polícia deflagra operação em bairros da Capital

Após três homicídios em menos de 48 horas registrados em Rio Branco, a Polícia Militar do Acre (PM-AC) deflagrou uma operação nos bairros do Segundo Distrito da capital acreana. A ação começou nesta sexta-feira, 3, e segue até o domingo, 5.
A primeira região a ser fiscalizada é a do Conjunto Habitacional Cidade do Povo, Segundo Distrito de Rio Branco. Nesta sexta, o conjunto registrou duas das três execuções. Felipe Ramom Lima, de 22 anos, teve a casa invadida por três homens e foi morto com ao menos 15 tiros.
Em menos de oito horas, Rosemilda Oliveira da Silva também teve a casa invadida no conjunto habitacional e foi morta com quatro tiros.

Ação
Homens do Segundo Batalhão da Polícia Militar (2ºBPM), da Polícia Penal, do Grupo Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (Rotam) e Batalhão de Operação Especiais (Bope) estão no conjunto para abordagens e fiscalizações.
O comandante do 2º BPM, tenente-coronel Antônio Teles, explicou que as ações iniciam pelo conjunto habitacional e seguem para outros bairros da cidade. Homens da Polícia Penal acompanham as equipes para abordar presos que usam tornozeleira eletrônica.
“Temos oito homens da Polícia Penal, que trabalha com monitoramento para que a gente possa abordar, especificamente, as pessoas monitoradas. Homens da Rotam, do Bope, e Segundo Batalhão, além de todo o policiamento que está nas ruas, esse é um reforço que vai acontecer na sexta [3], sábado [4] e domingo [5]”, resumiu.

Execuções
A jovem Amanda Silva Barbosa, de 17 anos, foi a primeira vítima de morte violenta do ano. Ela foi morta a tiros e golpes de faca nesta quarta-feira, 1º, na Travessa da Amizade, no bairro Santa Inês, região do Segundo Distrito de Rio Branco.
Conforme a polícia, Amanda levou ao menos dois tiros e 12 facadas. O Serviço de Atendimento Móvel (Samu) chegou a ser acionado, mas quando chegou no local apenas constatou a morte da jovem.
Rosemilda Oliveira da Silva, de 26 anos, foi morta com ao menos quatro tiros, nesta sexta-feira, 3, no bairro Cidade do Povo, em Rio Branco.
Felipe Ramon Lima de Moraes, de 22 anos, morto com vários disparos de arma de fogo por volta das 1h20 desta sexta-feira, 3, após um trio arrombar a porta de trás da casa dele. (Aline Nascimento, do G1-AC, com colaboração de Tálita Sabrina, da Rede Amazônica Acre)