Clubes acreanos devem recorrer às categorias de base para contornar efeito da Covid-19

A pandemia de Covid-19 afetou o futebol em nível mundial. Todos os clubes estão prejudicados com a suspensão das competições. O prejuízo financeiro é imenso.

No Acre, a situação é ainda mais delicada e já atingiu alguns times, a exemplo do Rio Branco, que desmanchou o elenco na semana passada.

Os jogadores de fora do Estado foram dispensados e, caso,o segundo turno seja realizado, o Estrelão utilizará jogadores das categorias de base.

Times devem usar jogadores da base para jogar a série D (Foto: Manoel Façanha / Cedida)

O Galvez, campeão do primeiro turno, também prevê dificuldades financeiras para o restante da temporada, principalmente para a disputa da série D do Campeonato Brasileiro.

O Imperador não descarta inclusive utilizar jogadores do time Sub-20 para disputar a competição nacional.

O presidente do Galvez, Edener Franco, disse que por conta do impacto na economia provocado pelo coronavírus, os patrocinadores podem ajustar os valores dos contratos. “Vamos esperar para ver como vai ficar nossas receitas. Não sabemos se vai piorar ou melhorar”, disse o presidente.

Na próxima quarta-feira, 1º, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai realizar uma nova reunião que irá definir o retorno das competições.

Assuntos desta notícia