Coluna Roberta Lima – 24/08/20

Acordo I

Procuradora-geral do Ministério Público do Acre, Katia Rejane de Araújo Rodrigues, participou na semana passada, em Belém (PA), do Encontro de Procuradores Gerais de Justica da Amazônia Legal, ocasião em que foi assinado o “Acordo de Resultados em Defesa da Amazônia”.

** O MP acreano fez uma relevante contribuição com o acordo, através de doação de 8 aparelhos medidores da qualidade do ar aos estados que compõem a Amazônia Legal brasileira (Pará, Amazonas, Rondônia, Amapá, Tocantins, Roraima, Mato Grosso, e Maranhão).

Acordo II

Com essa doação, esses estados também passam a realizar o monitoramento da ocorrência de queimadas em tempo real, possibilitando o combate a incêndios, por parte dos órgãos de fiscalização e responsabilização.

** O MPAC vai doar também outros dois aparelhos para a região de fronteira da Amazônia brasileira, sendo um para o Ministério Público do Peru e outro para o MP da Bolívia.

** Os aparelhos foram viabilizados ao MP acreano através do Centro de Pesquisa de Woods Hole, do pesquisador da UFAC, professor Foster Brown.

Procuradora-geral do Ministério Público do Acre, Katia Rejane, fez relevante doação aos estados que compõem a Amazônia Legal, durante encontro, ocorrido em Belém do Pará

Lançamento

A designer Adriana Ribeiro (foto), do Ateliêr Drica Ribeiro, lançou semana passada a nova coleção de máscaras de proteção do covid-19.

** O portfólio com catálogo e estamparias são de encher os olhos, com tecidos em paetês, rendas, e estampas exclusivas, além é claro, do designer incrível que só as máscaras da profissional têm.

** O horário de atendimento é de terça-feira a sábado, das 14h às 18h, através do WhatsApp 99983-7675.

Niver

A doce e meiga Marina Lavocat (foto) apagou as velinhas na última quinta-feira , 20, e recebeu todo o carinhos das irmãs Mercedes e Mariane, da mãe Flávia, e do marido Inácio Gontijo e das filhas Elisa e Helena. A essa amiga querida, toda felicidade do mundo.

**Dia 18 foi o niver da linda dama Fátima Zamora (foto), que discretamente festejou com seus familiares em São Paulo, onde atualmente mora.

** Já sexta-feira, 21, foi a vez da quituteira de mão cheia Graziela Cavalcante (foto) receber todos os viva dos amigos e familiares pela passagem do aniversário.

Cegonha

Casal de médicos Maíra Modesto e Diego Oliveira (foto) não escondem a felicidade com a notícia que serão papais. A notícia foi dada esta semana aos amigos e familiares, que já começaram a torcida pelo sexo do primogênito. Ao casal, titia deseja que o bebê venha com muita saúde!

Frio

E o meu guru do tempo, David Friale, foi mais uma vez incisivo em suas previsões.

** A massa de ar frio chegou nesta quinta-feira, 20, causando chuvas esparsas e muita ventania.

** A temperatura, na maior parte dos Estados, foi atingida pela onda de frio.

** Esta é a terceira vez que o fenômeno ocorre no Brasil este ano, mas a primeira com tamanha intensidade e abrangência.

Vinhos

A jornalista, produtora e pesquisadora Rachel Bardawil (foto) reuniu a família e alguns poucos amigos para a tradicional colheita de uvas da Fazenda Califórnia, de sua prioridade.

** Destaque no Distrito Federal pela qualidade, a Fazenda produz as uvas Niágara Rosada que é a de mesa, Syrah, Barbera e Tempranillo,que se adaptaram ao clima do serrado e são de excelente qualidade.

** O encontro ainda contou com a presença de sommelier, que comprovou o alto padrão dos vinhos e sucos. Já quero experimentar!

Rachel na colheita das uvas da sua Fazenda Califórnia

 Em Casa

Festa…aglomeração…quem não sente saudade que levante a mão! E os profissionais que são responsáveis pelos detalhes, concepção e toda beleza e o glamour que advém dessas festas são os decoradores e cerimonialistas. Ah, com eles tudo tem um quê a mais, primando pela qualidade e presteza. E com a pandemia, esse segmento sofreu um grande impacto, se reiventando e elaborando projetos e políticas assertivas para desenvolvimento do setor e recuperação da economia. Vamos conferir os depoimentos desses profissionais?

Socorro Macowski, decoradora – “Adormeci com sonhos e acordei com a notícia de que tudo estava cancelado. O primeiro momento foi de paralização. Na semana tínhamos três eventos para realizar, flores compradas, convidados chegando…tentei não entrar em pânico pois o momento pedia calma e sabedoria!

Enfim, precisávamos resolver e da melhor maneira. Eu, como decoradora, e os parceiros conversarmos bastante com os clientes e todos tiveram o bom senso de que o momento era de reconhecimento e cuidado. Cuidado com a mente em primeiro lugar. E assim comecei meu momento de recolhimento físico, mas com a mente a mil, procurando uma melhor solução para que minha mente não entrasse em parafuso! Esses cinco meses de pandemia me mostraram que posso ser feliz mesmo diante das dificuldades financeiras. Não pensei só em mim, procurei me reinventar também pelos meus funcionários.

Criei um kit “festa em casa” que deu muito certo e com ele estamos realizando sonhos menores mas cheios de amor, carinho, cuidado é muita criatividade!”

Lina Grasiela, produtora de eventos e cerimonialista – “Desde o dia 18 de março minha rotina se transformou.. uma rotina, sem muita rotina rsrs, cultivada ao longo de 18 anos, trabalhando em 4 turnos: de manhã, tarde, noite e madrugada…

Quando tudo parou senti um certo alívio, a ideia de ficar em casa nos finais de semana e de dormir um pouco além das 6 horas diárias me encantou, o corre que se passaram 5, 10, 15, 20 dias e cansei de dormir! Fui surpreendida por sentimentos estranhos… comecei a canalizar minhas energias em outras áreas. Se “reinventar” virou um clichê, mas sinceramente, esse foi meu último grande desafio! Tudo muito organizado, estação de trabalho, horário para tudo, eu tinha que voltar a este formato, só assim era possível produzir e ver frutos do meu esforço!

Mas como produzir sem fazer eventos? Como ter feedbacks positivos, aqueles que tanto me motivam, sem colaborar com os momentos de felicidade nas vidas das pessoas? Passei a entrar em contato com meus clientes e compartilhar suas dores e frustações pelos eventos cancelados/remarcados! Incentivar a não desistir do sonho agora era meu grande desafio! Paralelo a isso um novo mundo se abriu… o mundo virtual não está mais lá fora, e sim aqui, dentro da minha casa, na minha sala de estar!

Os eventos virtuais passaram a ser uma realidade, fomos empurrados no precipício sem saber voar, os que tem disposição aprendem rápido… e assim passei a me dedicar a desbravar este mundo novo! Com muita necessidade e dedicação, rapidamente, aprendi a voar… com o mundo virtual tão presente a necessidade de aprofundar os estudos era imprescindível, com o “tempo” disponível conclui um MBA em gestão de eventos e adquiri um curso muito desejado de vendas de serviços on-line. Com essa nova perspectiva de mundo, sonhos foram refeitos e planos reorganizados! Agora, tudo novo de novo… as dificuldades me forjaram a ser uma profissional melhor!”

Verônica Carvalho, decoradora de Festas Infantis – “No início da Pandemia fiquei muito assustada com tudo que poderíamos viver e a primeira decisão que tomei, junto ao meu marido, foi isolarmos com nossos filhos, na chácara de meus pais, em RO.

Mas mesmo com todos os cuidados, fomos surpreendidos pela Covid. Momentos difíceis, tensos, todavia com superação de todos nós. Eu, particularmente,tive que me submeter a processos cirúrgicos fora do Estado.

Hoje, com a glória de Deus, estou ótima, retornando aos poucos, à minha rotina de trabalho. A Pandemia me levou a repensar a vida, tanto como Ser Humano quanto como Empresária.  Aproveitei o que o momento nos propõe e estou reinventando minhas decorações, inovando com festas mais intimistas, não deixando de comemorar momentos importantes de nossos pequenos. Nesses 12 anos desempenhando esse meu convívio com eles, acredito que é o que mais curto fazer. Com propostas alegres, leves e envolventes, aguardem-nos para continuarmos nos divertindo e com muita alegria embarcar nessa novidade.”

Raimunda El-Shawwa, decoradora – “ Inspiro-me muito na canção de Dione Warwick. A “House is not a home”. Um casa somente se transforma em um lar quando o espaço construído é habitado e personificado pelos seus ocupantes. O processo natural de personificação se dá pela forma com que compomos nosso ambiente, nosso espaço, pelas cores, móveis e objetos que escolhemos para concretizar nossos sonhos. Assim é o ato de decorar: significa tomar posse dos sonhos e desejos dos nossos clientes e materializa-lós, física e esteticamente. A decoração precisa ter a identidade do cliente. A decoração é um ato de amor, eu amo o que faço. Sempre foi assim.

Em tempos de pandemia, o mercado de decoração tá parado, fico sempre em casa, fazendo o que gosto, cuidando de casa, cozinhado para a família, lendo e me aproximando de Deus. O contato com a família fica restrito, a saudade dos netos maltrata, mas o amor é maior. Dias melhores virão. “

DICAS

** O frio veio e de com força, como diz o acreano.

** Acreano de pé rachado fez fila na loja Formigão ( casacos com preços bem acessíveis) e nos pontos de tacacá.

** Mega animada com o convite proferido pela equipe de RP da franquia O Boticario.

** Na próxima segunda-feira, dia 24, às 20h, no canal YouTube, terá o primeiro episódio do reality show Make Me Boti, o primeiro reality de make indoor da marca.

** O reality irá desafiar dez talentosos aspirantes a beauty gurus a colocarem seus talentos, técnicas e criatividade à prova, que irão concorrer ao prêmio final de R$ 10 mil.

** Vou ali curtir o friozinho ( sem me aglomerar) e semana que vem eu volto. Fui!

** Fiquem com Deus.

Assuntos desta notícia