Roberto Duarte quer inclusão de artes marciais na rede de ensino público do Acre

O deputado estadual Roberto Duarte (MDB) apresentou, nesta terça-feira, 18, na Assembleia Legislativa do Estado do Acre, projeto de lei “Artes Marciais na Escola” como atividade extracurricular na rede pública estadual de ensino, com a oferta de capoeira, taekwondo o jiu-jitsu, o karatê, o kung fu, o judô, o muay thay, dentre outras que se enquadrem nos objetivos do texto.

O projeto visa a promoção e divulgação das artes marciais nas escolas, por meio de oficinas, aulas práticas, teóricas, demonstrativas e estudo do conteúdo filosófico de cada categoria, que serão ministradas por profissionais habilitados.

Segundo o deputado Roberto Duarte, estas atividades contribuem na formação sócio educativa para a integração dos praticantes, na plenitude da vida social, promoção da saúde, defesa pessoal, educação e exercício da cidadania, preservando o caráter, valores morais como o respeito mútuo, equilíbrio, dedicação, lealdade, além da disciplina.

“A proposta é que as artes marciais façam parte da grade extracurricular, não substituindo a disciplina de Educação Física. A adesão ao projeto é opcional aos alunos, podendo também ser ofertada a toda comunidade escolar e à comunidade em geral”, explicou Roberto Duarte.

(Da assessoria)

Assuntos desta notícia