Se Gladson não estiver com Bocalom, o povo dará a resposta em 2022, sugere Bestene

O deputado estadual José Bestene (Progressistas) disse que o governador Gladson Cameli, caso não ajude Tiao Bocalom em uma possível eleição, terá a resposta nas urnas em 2022, quando Cameli deve concorrer à reeleição.

A declaração do deputado foi dada enquanto discursava no lançamento da campanha de Bocalom, na sede do Progressitas, no bairro Abrahão Alab. Cerca de 1 mil pessoas acompanharam o discurso.

“Eu tenho certeza de que o nosso governador e todos os deputados estarão com o Bocalom. E se não estiver, o povo dará a resposta em 2022. O povo saberá dar a resposta em 2022”, sugeriu o deputado estadual aos militantes que acompanhavam o lançamento.

Não satisfeito, Bestene falou mais: “Vocês lembram de uma campanha que avermelhou, mas quando foi a tarde azulou. É o que vai acontecer nessa eleição. Nós vamos vencer essa eleição”, completou o deputado, acreditando numa vitória do candidato. (Noticias da hora)

Assuntos desta notícia