Estado oferece oficinas de inglês e espanhol para funcionários do setor turístico

Visando melhorar a comunicação entre funcionários do setor turístico e turistas estrangeiros, a Secretaria de Empreendedorismo e Turismo do Acre (Seet) firmou parceria com a KNN Idiomas, para capacitação em inglês e espanhol. A empresa é a quarta maior franquia de línguas do Brasil.

O objetivo é ministrar a oficina de forma rápida e prática, de modo que não ocupe demais o tempo do colaborador. O curso terá a duração de apenas quatro horas, divididas em videoaulas que serão disponibilizadas para hotéis, restaurantes, bares e outros estabelecimentos, por meio da Seet, para que todos os colaboradores de turismo sejam capacitados.

Para facilitar o acesso à capacitação e garantir que os profissionais acompanhem a oficina no horário mais adequado, a modalidade escolhida foi a digital offline, por conta da alta rotatividade de prestadores de serviço do setor, além de evitar aglomerações, seguindo o protocolo de combate à Covid 19.

Será ofertado um kit com pendrive contendo as videoaulas e um banco de palavras, para facilitar a memorização do colaborador. A supervisão de realização do curso será feita pelo próprio estabelecimento e só receberá certificado o funcionário que fizer a avaliação final e tiver bom aproveitamento.

“Queremos que essa oficina seja mais uma instrução de trabalho (IT), que seja uma regra a capacitação de todos os funcionários. Precisamos melhorar a comunicação do nosso trade [estabelecimentos atuantes no setor] com o turista, já que o Acre está entre os principais destinos na região Norte escolhidos pelos turistas estrangeiros, segundo dados do Ministério do Turismo divulgados em 2019”, ressaltou a secretária de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique.

O proprietário da KNN Idiomas no Acre, Joanderson Silveira, explica que o propósito da parceria é facilitar a comunicação com o turista: “Iremos utilizar uma metodologia que irá garantir o diálogo básico. Receber bem passa pela comunicação, é necessário entender e se fazer entender, por isso, essa oficina é muito importante para o setor”. (Ravenna Carvalho / Secom Acre)

Assuntos desta notícia