Investigação apura possível falsificação de diplomas de médico no Acre

O Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM/AC) denunciou ao Ministério Público Federal (MPF) e à Polícia Federal a tentativa de dois homens de obterem registro profissional no Estado com diplomas falsos de Medicina.

Após checagem junto à instituição de ensino superior onde os supostos médicos teriam estudado, o setor de registros do CRM/AC descobriu que não consta nenhuma informação sobre disciplinas do curso de Medicina cursadas pelos dois homens.

Além disso, existem outras inconformidades nos diplomas apresentados como a questão das assinaturas das autoridades, formato dos carimbos e sigla da universidade, que não seguem o padrão dos demais documentos da instituição. As informações são do site Juruá em Tempo.

Diante da situação, o CRM/AC indeferiu os pedidos de registro dos dois falsos médicos e ainda acionou a PF e MPF para tomarem as devidas providências. O Conselho esclarece que existe o sistema de médicos inscritos no CRM/AC. Antes de se consultar, é importante que a população se certifique que o profissional, de fato, é médico e, assim, estará preservando sua saúde. (Notícias da Hora)

Assuntos desta notícia