Coluna Theodoro – 11/11/2020

Última forma

Levando para o lado político e, contra o governo de São Paulo, o presidente da República, Jair Bolsonaro, comemorou ontem a determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de suspender os testes da vacina contra o novo coronavírus fabricada pela empresa chinesa Sinovac Biotech. Os efeitos adversos citados pelo presidente são razões pelas quais um teste pode ser suspenso, citadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no comunicado em que informou a suspensão dos testes. A agência não detalhou qual desses efeitos a levou a determinar a interrupção.

Iniciação cientifica

Prezando a importância da pesquisa na formação acadêmica, O Centro Universitário Uninorte estimula o desenvolvimento de pesquisas científicas, que geram resultados à comunidade. No dia 10 de novembro, acontecerá o VI Seminário de Iniciação Científica, de maneira virtual. Ampliando a possibilidade de participação de pesquisadores, docentes e acadêmicos de outros lugares. Inscrições por meio do link https://www.uninorteac.edu.br/eventos/vi-seminario-de-iniciacao-cientifica-do-centro-universitario-uninorte.

Com tema “PRODUÇÃO CIENTÍFICA NA FORMAÇÃO ACADÊMICA: incentivando a formação de pesquisadores no contexto da Amazônia Legal”, o Seminário será composto por rodas temáticas, roda de conversa e mesa redonda, das 10h às 16h30, 16h às 18h, e das 18h30 às 20h, respectivamente.

Crise brasileira

O ministro Paulo Guedes vai passar um final de ano tenebroso: falta de dinheiro para pagar os títulos da dívida; fuga de capitais; ausência de recursos para investimentos, obras e programas sociais; PIB caindo 5%; desemprego recorde; alta de preços… Mas, certamente, o que está tirando o sono do ministro, definitivamente, é mesmo o fato de que o Tesouro chegará a dezembro com a dívida pública se aproximando de 100% do PIB (R$ 6,5 trilhões), pressionando as contas da União. E vai piorar. Até 2025, a dívida baterá em 100,5% do PIB. A Argentina, quebrada, está em 98,7% do PIB, no grupo dos países de alto risco, para o qual o Brasil está entrando. Só em termos comparativos, nossos vizinhos estão melhor: Chile (37,4%), Peru (36,8%), México (51,5%) e Colômbia (62,5%).

Crise brasileira II

Enquanto ministros batem cabeça, com agressões públicas entre eles, o desemprego atinge índices recordes, de 14,4% da população economicamente ativa. De acordo com o IBGE, o Brasil alcançou, no último trimestre encerrado em agosto, o maior número de pessoas desocupadas: 13,8 milhões, com uma taxa 9,8% superior a igual período do ano passado. Além das milhares de pessoas que perderam o emprego (4,8 milhões ficaram sem carteira assinada), há uma situação mais grave ainda. A Pnad constatou que há um contingente de 5,9 milhões de brasileiros classificados como desalentados. São os que cansaram de procurar emprego, pois não há trabalho algum sendo ofertado.

***

Totalmente focando na campanha para a Câmara Municipal, o professor Marcos Luís comemorou aniversário  e recebeu várias manifestações de carinho dos amigos e de sua equipe de trabalho. Parabéns!

Minha querida amiga Rose Aquino celebrou idade nova e comemorou na intimidade da família. Parabéns!

Super querida na sociedade, a professora Antônia Lacerda está recebendo novos alunos par aulas de alfabetização e reforço escolar. Contatos pelo fone 3223-4766.

Festa para a radialista Degeane Santos pelo seu aniversário. Parabéns, querida!

Idelmara Cordeiro ganhou brinde em família pelo seu aniversário. Parabéns!

Todo a beleza da aniversariante Brunna Prata Haddad para a coluna desta quarta de verão.

Os parabéns da coluna à empresaria Rosa Nobre pelo seu aniversário.

Assuntos desta notícia