Polícia Civil participa da operação que identifica e combate crimes contra idosos

A Polícia Civil do Acre, por intermédio da Delegacia de Atendimento ao Idoso (DAI), deflagrou na manhã desta sexta-feira, 4, a Operação Vetus. A ação faz parte de uma operação inédita, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), com o objetivo de combater crimes de violência contra o idoso nos 26 estados e no Distrito Federal.

Polícia conseguiu recuperar objetos roubados (Foto: Cedida)

A operação integrada, que teve início no dia 1º de outubro, Dia Internacional do Idoso, foi planejada em virtude do aumento de denúncias de abuso contra o idoso registradas durante o período da pandemia pelo Disque 100, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Desde então, a Polícia Civil do Acre já apurou mais de 50 denúncias, que culminaram com a instauração de 43 procedimentos investigativos, com atendimento de mais de 41 pessoas idosas vítimas de algum tipo de agressão.

Dentre os casos investigados está o de um roubo ocorrido no Lar Vicentino Maria Odília no último dia 29 de novembro, em Rio Branco, onde dois criminosos entraram no local no período noturno, levaram televisão, ar-condicionado e outros objetos e, ainda, agrediram fisicamente uma pessoa idosa deficiente, que se encontrava acamada, causando vários hematomas na vítima. A Polícia Civil conseguiu recuperar os objetos e está em diligência para identificar e prender os autores.

Em agosto deste ano, a Delegacia de Atendimento ao Idoso (DAI), em Rio Branco, foi reativada com o intuito de dar ênfase no combate aos crimes praticados contra a pessoa idosa, sobretudo maus tratos, apropriação de dinheiro e todo tipo de agressão praticadas contra essas pessoas vulneráveis. (Sandro de Brito / Secom Acre)

Assuntos desta notícia