Coluna Beth News – 04/01/2021

O rei Arthur com a esposa Irlene Oliveira e as filhas recebendo o ano novo com alegria e elegância.

O publicitário e radialista Júnior Passos curtiu a virada do ano sem aglomeração, mas com muita gratidão junto da família.

Dona Maria Luiza Monteiro Abraão com o filho Beto Felício e as nestas prontinhos para receber o ano novo.

Meu amigo Ronnys Ferreira recebendo 2021 realizado com a inauguração do @francisco.hairdsigner, em Portugal.

Jecilene e a filha Luciana Alves na virada do ano em Uberlândia, Minas Gerais, onde moram atualmente.

Michele Costa com o noivo Neto Machado no Réveillon da família.

Miguel lindo, neto do meu irmão Álvaro, fez aniversário no dia 30 e ganhou o tradicional bolo preparado pela mãe Valéria e o pai Bruno com a homenagem exigida por ele ao vovôzinho flamenguista.

Não me julguem, mas pode ser mais irresponsável que o jogador e cidadão Neymar? Em plena pandemia promoveu festão de cinco dias. Não satisfeito posou nesta foto cafona curtindo com a cara da sociedade envergando grifes famosas que totalizando chega a quase cem mil reais, mostrando visivelmente sua confusão entre ser destaque de Carnaval com festa de Réveillon. Socorro!!!

Empossado na última sexta-feira, 1º, o prefeito eleito de Rio Branco Tião Bocalom fez diversas promessas para a Capital. As que chamaram mais atenção foram o consultório itinerante e a reabertura de festivais culturais.


NEWS

*A coluna informa com pesar a perda de mais um membro de minha família para a Covid. Trata-se do primo Weberian, filho de Weber e Mirian Ferreira. O mais triste é que o pai Weber encontra-se intubado em estado crítico.

*A dermatologista Sandra Aguiar também perdeu sua mãe em plena virada de ano para o vírus maldito Covid-19.

*Vendo as cenas das festas “clandestinas” em Rio Branco e no Rio de Janeiro, fico pensando que a pessoa tem que odiar muito a vida para sair de casa numa pandemia para comemorar o quê? A falta de vacina?

*Quem ainda acha que precisa “se aglomerar” para se divertir, já está doente. Óbvio que sentimos falta de encontrar algumas pessoas. Mas daí a colocar a saúde coletiva em risco é irresponsabilidade e as restrições da pandemia só evidenciaram o problema.

*Muitos copos, abraços, bebida no gargalo, narguilé, pegação. Chega em casa, daquele jeito. Vai na geladeira bem louco e dá aquele gole bem servido e cheio de saliva no gargalo da garrafa de água. Come e joga o prato na pia, toma um banho, vai dormir. Mãe e pai acordam, pegam na maçaneta, na torneira, lavam os pratos e talheres. Usam o mesmo banheiro. Logo o pai ou a mãe começam a tossir, passam mal, filho vai no Face pedir oração. Os Pais não aguentam; agonizam e morrem.

Postagens de luto: “Meu herói”, “Minha rainha”, “Mais uma estrela no céu”. Enterro rápido e sem dignidade e Fim.

*É difícil entender, o resto do mundo imunizando suas populações, e o Brasil em regime de letargia, atrasando de propósito o início da vacinação. Onde tem vacina 4 vidas são salvas por dia.

*O pseudo plano de imunização apresentado pelo Ministério da Saúde não inclui a maior parte da população economicamente ativa. Exceção dos professores, profissionais de saúde e trabalhadores do sistema carcerário, praticamente todos estão de fora.

Como pretendem recuperar a economia com um plano mequetrefe desses?

*Não adianta nada ir na igreja, ir em culto, querer ser pastor, chorar no pé da Cruz, e continuar fazendo o errado, e sendo conivente à erros alheios, quando isso é para o próprio favorecimento. Que venha uma nova consciência, porque a que estamos vivendo hoje não existe.

*Única coisa que vem dando certo no Brasil é o show anual de Roberto Carlos na Globo. Memes à parte, sua produção é fantástica e mesmo assim ainda tem quem prefira os Barões da Pisadinha, que entrou para as 50 músicas mais tocadas em 2020, no Sportify, com o hit “Recairei”. Chocada estou!!!

*Rio Acre foi da extrema secura ao nível de assustar a população subindo 5 centímetros por hora com as últimas chuvas. Se as previsões metereleológicas se confirmarem e chover até março, dificilmente escaparemos de uma alagação.

Que Deus nos proteja!

*É tudo uma questão de perspectiva! Tudo que te acontece pode ser visto e compreendido de diversas maneiras e pontos de vista. Um ponto de vista é apenas a vista de um ponto. Você pode agradecer pelo que tem ou focar no que você não tem.

Que 2021 seja melhor para todos nós!!!



Beth Passos

E-mail: [email protected]

Instagram: @beth_news_

Facebook: Beth News

Assuntos desta notícia