Pular para o conteúdo

Em nota, trabalhadores das redes estadual e municipal de Rio Branco dizem que sem vacinação e ganho salarial não retornam às salas de aula

Trabalhadores em Educação das Redes Estadual e Municipal de Rio Branco, sem vacinação nem ganho salarial, não retornaremos às salas de aula!

A direção unificada dos Sindicatos da Educação e o Codep afirmam que a situação salarial dos trabalhadores em Educação é desesperadora, o clamor por melhoria salarial é constante e não vemos nenhuma ATITUDE CONCRETA por parte do Governador, do Secretário de Estado de Planejamento e Gestão nem do Secretário de Educação, QUE VISE a resolver essa questão salarial, no prazo máximo estipulado pela direção dos Sindicatos, que é 1º de março, para correção da tabela.

É importante lembrar que boa vontade e sensibilidade não colocam arroz, feijão nem pão na mesa dos trabalhadores da Educação. Essa conversa de que a reunião na Casa Civil serviu de apronto para que SEJA FORMADA UMA COMISSÃO QUE ESTUDARÁ A CORREÇÃO SALARIAL DOS PROFESSORES E DEMAIS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO É APENAS UMA ENROLAÇÃO DE TEMPO, PARA ATRAVESSARMOS O ANO DE 2021 SEM NENHUM GANHO.

Por essa razão, a direção unificada dos Sindicatos e a do Codep convocam todos os trabalhadores em Educação das redes estadual (em seus respectivos municípios) e municipal para um dia de paralisação, MARCADA PARA O DIA 1° DE FEVEREIRO, A PARTIR DAS 08:00h. Para os trabalhadores da capital, a concentração será EM FRENTE AO PALÁCIO RIO BRANCO, respeitando uma distância segura e o uso obrigatório de máscara.

BASTA DE ENROLAÇÃO: QUEREMOS VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO!

Sinteac / Sinproacre/ Sintae / Codep