Ribamar Trindade não é mais o chefe da Casa Civil; ele deixa o governo após dois anos

O advogado Ribamar Trindade não é mais o chefe da Casa Civil. A exoneração dele foi publicada na edição desta sexta-feira (8) do Diário Oficial do Estado. O desligamento de Trindade vinha sendo especulado há dias.

O advogado foi nomeado conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, porém sua posse ainda não ocorreu por causa de uma queda de braço jurídica entre o TCE e o governo.

Trindade foi uma das figuras mais importantes do atual governo e um dos braços fortes e de confiança de Gladson Cameli nos dos primeiros anos de gestão, porém agora deve trilhar novos caminhos.

A saída dele ocorre em um momento em que Gladson fala em renovação no governo e montagem de um “time” com novos jogadores.

A Casa Civil, órgão chefiado até então por Ribamar, será rebaixada ao status de departamento da supersecretaria de Governo, que foi criada a partir da reforma administrativa e que deve ter como comandante o ainda secretário de Saúde, Alysson Bestene.

Nesta quinta-feira (7), à tarde, perguntado se já teria um nome para substituir Ribamar Trindade na Casa Civil, Cameli afirmou que “não”. (Noticias da Hora)

Assuntos desta notícia