Pular para o conteúdo

Ex-deputado Sérgio Taboada morre em UTI de hospital, após sofrer infarto

O ex-deputado estadual Sérgio Taboada, que estava internado em um leito de UTI em um hospital da capital paulista, após sofrer um infarto nesta quinta-feira, não resistiu e morreu no começo da noite. A informação foi confirmada pela família do ex-parlamentar.

Mesmo morando em São Paulo há um bom tempo, Taboada não se desligou do Acre. Sempre que podia, usava as redes sociais para interagir com internautas acreanos.



Sergio Taboada foi deputado na Aleac pelo PCdoB por dois mandatos consecutivos (1991-1995 – 1999).

O PCdoB no Acre manifestou pesar pela morte do ex-deputado estadual Sérgio Taboada. Na nota, os integrantes lembraram a trajetória de luta de Taboada em defesa dos trabalhadores.

Ainda no documento, o PCdoB afirma que Sérgio Taboada sempre foi “seguro de suas convicções” e “deixa um legado de probidade, companheirismo e lealdade aos seus princípios”. E finaliza dizendo: “seu trabalho no Parlamento acreano foi marcado por uma atuação firme, produtiva e diferenciada”.

Gladson emite nota

O governo do Acre também emitiu nota de pesar. Gladson Cameli prestou solidariedade à família, rogando a Deus “o conforto nesse momento de dor, em que as palavras se apequenam e o espírito busca amparo na fé”.

Veja as notas do PCdoB e do governo do Acre, na íntegra

 

NOTA DE PESAR

O Partido Comunista do Brasil, no Acre, lamenta profundamente a morte prematura do ex-integrante da sigla e ex-deputado estadual por dois mandatos consecutivos, Sérgio Taboada.

A luta em defesa dos trabalhadores junto ao Sindicato dos Bancários, se confunde com a luta de Sérgio Taboada ao longo de sua carreira política na Assembleia Legislativa do Acre.

Os membros do PCdoB no Acre se solidarizam com a família e amigos do ex-parlamentar, rogando a Deus que os confortem neste momento de tamanha dor para todos os que conviveram com Taboada.

Sempre seguro de suas convicções, Sérgio Taboada deixa um legado de probidade, companheirismo e lealdade aos seus princípios. Seu trabalho no Parlamento acreano foi marcado por uma atuação firme, produtiva e diferenciada.

Rio Branco, 18 de março de 2021.

 

error: Conteúdo protegido!!!