Pular para o conteúdo

Roberto Duarte defende retorno do futebol acreano

O deputado estadual Roberto Duarte (MDB) utilizou suas redes sociais na manhã desta quinta-feira, 25, para defender o retorno do futebol acreano. “O futebol não pode parar”, destacou o parlamentar.



Segundo Roberto Duarte, como todo segmento da economia, o futebol gera emprego e renda e, após um ano de pandemia, o setor segue as orientações sanitárias. “Os testes são realizados com frequência e é realizada a higienização dos ambientes. Se pode treinamento, por que não pode jogo? Um jogo sem torcida não é diferente de um treino”, questiona o deputado.

Em uma carta divulgada, hoje, por dirigentes e mais de 100 atletas do Acre, eles destacam que o futebol acreano envolve cerca de 600 famílias e que dependem exclusivamente dessa renda. O documento cita, ainda, um dado alarmante feito pela Confederação Brasileira de Futebol: cerca de 85% dos atletas recebem entre R$ 1.000,00 a R$ 5.000,00 reais, mas o certame local, rende apenas 3 meses de emprego no meio, fazendo com que o valor ganho seja essencial para a renda desses jogadores, que não terão como se manter e esperar até o 2º semestre.

Roberto Duarte acredita que as atividades devem retornar com cautela e prevenção. “O futebol criou esse mecanismo para voltar, sem público, acompanhando todos os profissionais. É o mesmo que entendemos que as atividades de comércio e serviço devem voltar, com todos os cuidados. No caso específico do futebol, é uma atividade profissional que ainda tem o benefício de distrair as pessoas. O futebol não pode parar. É uma atividade segura e responsável”, justificou o parlamentar. (Assessoria)

error: Conteúdo protegido!!!