Pular para o conteúdo

Kátia Rejane é eleita vice-presidente do Conselho Nacional de Procuradores- Gerais para a Região Norte

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia
Rejane de Araújo Rodrigues, foi eleita nesta quarta-feira, 14, vice-presidente
do  Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da
União (CNPG), para a região Norte.

A aclamação da PGJ do Acre ocorreu durante reunião ordinária do CNPG, na sede da
Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios
(MPDFT), em Brasília (DF). A reunião foi presidida pelo procurador-geral de Justiça do
Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) e presidente do CNPG, Fabiano
Dallazen.



Em março de 2020, a chefe do MP acreano foi eleita para a função de vice-presidente
do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), onde,
posteriormente, foi investida na função de presidente, ocupando-a até o momento. Kátia
Rejane de Araújo Rodrigues foi a primeira mulher a ocupar a posição de liderança do
Grupo que congrega toda a atuação do Ministério Público brasileiro no combate à
criminalidade.

“Abraço mais essa função com compromisso e responsabilidade e muito
honradamente me proponho a exercer essa função com luta, companheirismo,
empenho e dedicação na defesa das ações institucionais do Ministério Público para a
nossa região”, disse a procuradora-geral de Justiça do MPAC.

Nova composição do CNPG

Também foi eleita por aclamação, a nova presidente do CNPG, procuradora-geral de
Justiça do Ministério Público do Amapá, Ivana Lúcia Franco Cei, que substitui o
procurador-geral de Justiça do MPRS, Fabiano Dallazen, tendo sido esta, a última
reunião do seu mandato a frente do CNPG.“O momento é de união, precisamos agir
como grupo, uma força motora direcionada à defesa do Ministério Público brasileiro e
das nossas prerrogativas”, disse a nova presidente.

Também foram eleitos na ocasião os vice-presidentes regionais e os presidentes dos
grupos nacionais do CNPG, conforme descrição abaixo:

ELEITOS

Procuradora-geral de Justiça do Amapá, Ivana Lúcia Franco Cei – Presidente do
CNPG;
Procurador-geral de Justiça de Santa Catarina, Fernando da Silva Comin – Vice-
presidente Região Sul;
Procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Jarbas Soares Júnior – Vice-presidente
Região Sudeste;
Procurador-geral de Justiça do Mato Grosso do Sul, Alexandre Magno Benites de
Lacerda – Vice-presidente Região Centro-Oeste;
Procuradora-geral do Acre, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues – Vice-presidente
Região da Região Norte;
Procurador-geral de Justiça do Ceará, Manuel Pinheiro Freitas – Vice-presidente da
Região Nordeste; e,
Procurador-geral de Justiça Militar, Antônio Pereira Duarte – Vice-presidente do
Ministério Público da União.
Também estiveram presentes na reunião, o presidente da Associação Nacional dos
Membros do Ministério Público, Manoel Murrieta Rinaldo, o corregedor Nacional,
Rinaldo Reis; os conselheiros do CNMP, Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto e Marcelo
Weitzel Rabello, o subprocurador-geral de Justiça de Relações Institucionais e Defesa
de Prerrogativas do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, Marfan Martins
Vieira; e o secretário-executivo do CNPG, Júlio César de Melo. Pelo MPAC, também
este o procurador-geral adjunto para Assuntos Jurídicos, Sammy Barbosa Lopes. (Ascom/MPAC, com informações do CNPG)

 

error: Conteúdo protegido!!!