Polícia Civil do Acre deflagra nova fase da operação “Sinapse”, apreende arma e prende 5 pessoas na Capital e no Bujari

A Polícia Civil do Acre desencadeou nas primeiras horas da manhã desta terça-feira, 13, a Operação “Sinapse”, criada para desarticular células de organização criminosa que vêm agindo em todo o estado.

Cinco pessoas foram presas (Foto: Ascom PC/AC)

A ofensiva policial deu cumprimento a cerca de 19 ordens judiciais de prisão e busca e apreensão realizadas na capital Rio Branco e no município de Bujari. Além disso, apreendeu uma arma de fogo tipo pistola calibre 380 e prendeu cinco pessoas.

A operação contou com a participação de mais de 60 policiais (Foto: Ascom PC/AC)

A ação é oriunda de investigação da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas – DRACO, e contou com a participação de mais de 60 policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais – Core e do Departamento de Polícia da Capital e Interior – DPCI.

A operação aconteceu depois de seis meses de investigação da Polícia Judiciária, que vem monitorando as ações das organizações criminosas que tem agido no Acre.

 

Operação Sinapse

Sinapse é o elo de ligação entre neurônios onde agem os neurotransmissores (mediadores químicos), transmitindo o impulso nervoso de um neurônio a outro, ou de um neurônio para uma célula muscular ou glandular.

A Polícia Civil busca atingir essa região da organização prendendo membros que agiam como os “neurotransmissores” do bando criminoso. (Ascom/Polícia Civil do Acre)

Assuntos desta notícia