Segurança registra mais de 290 ocorrências no feriadão da Semana Santa com medidas restritivas no Acre

A Secretaria de Segurança Pública do Acre (Sejusp) apontou que entre a sexta-feira, 2, e o domingo, 4, foram registradas 291 ocorrências nas três regionais da capital. Este foi o terceiro final de semana de cumprimento do decreto estadual que prevê medidas mais restritivas e proíbe funcionamento do comércio em Rio Branco.

Dessa vez, com o feriadão da Semana Santa, os serviços considerados não essenciais no estado tiveram que ficar fechados por três dias, entre sexta e domingo.

Foram registradas 291 ocorrências nas 3 regionais de Rio Branco (Foto: Dharcules Pinheiro/Ascom Sejusp)

Mesmo sendo um período maior para cumprimento das medidas, o número de ocorrências foi menor do que o registrado no 2º final de semana que teve mais de 500 ocorrências. O relatório foi divulgado nesta segunda-feira, 5.

Além do decreto que determina o fechamento do comércio aos finais de semana e feriados, desde o último dia 26 também passou a valer outra medida que é a proibição da circulação de pessoas em espaços e vias públicas no período de 22h às 5h.

A polícia fez rondas pelas cidades para coibir a circulação de pessoas em espaços públicos e possíveis aglomerações. Praças e parques foram isolados.

As ocorrências são de aglomerações, estabelecimentos comerciais abertos, abordagem a pessoas sem máscara e circulação de pessoas durante o toque de restrição.

 

Fiscalização

Em Rio Branco, as fiscalizações ocorrem por meio das equipes dos três batalhões que atendem as ocorrências em caso de denúncia ou em patrulhamento que fiscaliza os locais que estejam desobedecendo o decreto. Ao todo, 117 policiais atuaram na fiscalização na capital.

A polícia fez rondas pelas cidades para coibir a circulação de pessoas em espaços públicos e possíveis aglomerações (Foto: Dharcules Pinheiro/Ascom Sejusp)

Do total de ocorrências registradas neste final de semana, 219 foram na 1ª Regional, que compreende o Centro de Rio Branco e outros bairros. Outras 67 ocorrências foram na 2ª Regional, nos bairros do Segundo Distrito 87 na 3ª Regional, na parte alta da cidade. Além de 27 ocorrências registradas pelo Fundo Estadual de Segurança.

Somando as ocorrências desde que o decreto com medidas mais restritivas passou a valer aos finais de semana e feriados, no último dia 13 de março, já são mais de 3.964 registros, segundo balanço divulgado pela Sejusp.

 

Covid-19 no Acre

O Acre registra, até esse domingo, 4, 71.157 casos confirmados de Covid-19, segundo boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde. Ao todo, 1.291 pessoas morreram em decorrência da doença. Em quatro dias de abril já são 29 mortes pela doença.

O estado passa pelo pior período desde o início da pandemia, há um ano, com a Saúde em colapso. Ao todo, 374 pessoas estão internadas, das quais 312 com teste positivo para a Covid-19. Oito pacientes estão na lista à espera de um leito de UTI.

Ainda segundo a Sesacre, o Acre está em contaminação comunitária desde o dia 9 de abril, com uma taxa de incidência de 7.955,2 casos para cada 100 mil habitantes. O estado apresenta um coeficiente de mortalidade (óbitos por 100 mil habitantes) de 145% e de letalidade de 1,8%.

Dos 106 leitos de UTI nos hospitais da rede SUS disponibilizados no estado, 97 estão ocupados. A taxa de ocupação total teve uma leve queda e atingiu para 91,5%. Os leitos de UTI estão concentrados na capital, com 85 vagas, e Cruzeiro do Sul, com 26. (Iryá Rodrigues / Do G1 AC)

Assuntos desta notícia