Pular para o conteúdo

STF adia julgamento que pode acabar com pensões de ex-governadores do Acre 

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu, na última sexta-feira, o julgamento de uma ação que pretende extinguir o pagamento de aposentadorias e pensões especiais a ex-governadores do Acre e outros oito estados. .
Os ministros teriam uma semana, até o dia 18, para votar a ação. Agora, a apreciação está sem data para ser retomada pela suprema corte.
Além do Acre, ex-governadores de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Amazonas, Rondônia, Paraíba, Sergipe e Pará continuam sendo beneficiados pelas aposentadorias especiais.