Pular para o conteúdo

Servidores da Saúde decidem por greve geral, a partir da próxima segunda

Há um indicativo de greve na Saúde em geral. Em assembleia geral realizada ontem, segunda-feira, por videoconferência, os diretores do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado (Sintesac) decidiram de forma unânime que a partir do dia 14 de junho, próxima segunda, a partir das 8h da manhã, será deflagrada uma greve geral.

Várias categorias ligadas à Saúde aderiram ao movimento paredista, incluindo os sindicatos dos enfermeiros, técnicos e auxiliares em enfermagem, farmacêuticos, nutricionistas, odontólogos, biomédicos, e técnicos de laboratório. Os trabalhadores devem se reunir com a presidente do Tribunal de Justiça para sensibilizar o Judiciário sobre a situação dos servidores e assumir o compromisso de fazer uma greve dentro da legalidade.