Pular para o conteúdo
Otimização

Sesacre desativa mais de 50 leitos de UTI nas unidades de referência de combate à Covid-19

A Sesacre informou ainda que mantém o espaço físico e equipamentos de UTI, caso sejam necessários novamente.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesacre) confirmou que irá reduzir 56 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de enfermaria Covid-19, em três das unidades de referência no Acre.

A medida, segundo a Sesacre, é para acompanhar a taxa de ocupação de leito, que, neste momento, encontra-se em apenas 20%, de acordo com o Portal de Informações sobre combate à Covid-19. O plano de contingência descreve 50 leitos de UTI (pactuados no novo plano de contingência) no Huerb e Hospital de Campanha, mais 20 no Hospital de Campanha do Juruá, totalizando 70 leitos de UTI pelo SUS, além de 176 leitos clínicos, distribuídos entre os hospitais de referência e retaguarda por todo o Estado.

Desta forma, no Pronto-socorro de Rio Branco eram 30 leitos e agora são 10, enquanto no Hospital de Campanha de Rio Branco eram 50 leitos e agora são 30 e no Hospital de Campanha do Juruá eram 26 leitos, e agora são apenas 10.

A Sesacre informou ainda que mantém o espaço físico e equipamentos de UTI, caso sejam necessários novamente, entretanto, reduziu o funcionamento para não manter as UTIs ociosas.