Pular para o conteúdo
Na Cidade do Povo

Laudo descarta abuso sexual e diz que bebê de cinco meses morreu por insuficiência cardíaca

Caso aconteceu no dia 8 de julho. Hipótese de homicídio também foi descartada

O bebê de cinco meses que faleceu na Cidade do Povo, no início deste mês, morreu por insuficiência cardíaca e a hipótese de abuso sexual ou homicídio foram descartadas, segundo laudo pericial do Instituto de Criminalistica da Polícia Civil do Acre.

O caso aconteceu no dia 8 de julho deste ano, e as informações iniciais já apontavam que a criança, que tinha síndrome de down, havia sofrido uma parada cardiorespiratória. Ele chegou a ser atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco, mas segundo a equipe plantonista, já chegou morto.

Leia mais: Bebê de cinco meses morre na Cidade do Povo; Polícia suspeita de abuso sexual