Pular para o conteúdo
Agnes Cavalcante
Agnes Cavalcante é jornalista e co-criadora da página @investidoracreana no Instagram, onde compartilha informações sobre investimentos

Reserva de Emergência: que bicho é esse?

Há uma história engraçada (se não fosse trágica) que sempre conto para os meus amigos e rende boas risadas e quero compartilhar com você porque sei que você já passou por algo parecido.

Um dia, pouco tempo depois de tirar minha carteira de motorista, estava dirigindo pelas ruas de Rio Branco quando, distraída, peguei a faixa errada da avenida e em cruzamento com semáforo duplo, precisei trocar de faixa, mas não percebi que o semáforo onde eu estava fechou. Ao tentar ir para a outra pista meu carro acabou batendo no veículo da frente.



Como naturalmente acontece com quem estraga o carro alheio, fiquei meio sem reação, mas logo o motorista saiu para avaliar o estrago. Era um conhecido médico da cidade, e logo começamos a conversar. Você pode imaginar que um médico não teria qualquer carro, certo? Pois em dado momento de nervosismo eu disse: – “Nossa, com tantos carros para bater eu fui logo bater em um Toyota Corolla!?” Ao que ele respondeu: – “Na verdade é uma Mercedes!”.

Bom, você pode imaginar a minha cara nesse momento. Enfim, no final deu tudo certo e o conserto foi pago. Mas por que estou contando isso? Apenas para exemplificar que precisamos estar preparados para quando as coisas saírem do lugar, porque imprevistos sempre acontecem, só não sabemos quando, nem onde.

Exatamente por isso precisamos estar preparados para o que quer que aconteça. Um filho que adoece, um parente que falece, um temporal que estraga seu telhado, o desemprego que bate à porta – são mais de 14 milhões de pessoas sem emprego hoje no Brasil – e tantas outras situações podem acontecer desestabilizando a nossa vida e pior, levando nossa vida financeira para o caos.

Foi a duras penas que entendi o quanto é importante ter uma Reserva de Emergência. Uma vida inteira sem saber sequer que isso existia. Tenho certeza que você entende o que estou falando pois provavelmente você já passou por alguma situação como essa ou pior, em que foi pego desprevenido e o desespero bateu.

Esse é o primeiro passo para quem quer começar a investir. Não existe atalhos no universo dos intestimentos, por isso, esta deve ser a sua primeira meta a ser batida, antes de começar a querer ganhar rios de dinheiro em bolsa, certo?

Muitas pessoas ficam em dúvida sobre quanto seria essa reserva. A verdade é que depende. Mas sabe de uma coisa? Eu vou te ajudar! Continua comigo acompanhando a coluna e me siga também no instagram, porque nossa jornada no mundo dos investimentos está só começando!

error: Conteúdo protegido!!!