Pular para o conteúdo
corrida da morte

Assaltante de 21 anos é morto pela polícia, após sequestrar motorista de aplicativo

Motorista foi resgatado e está em estado de choque

Crime aconteceu na noite de quarta-feira, 11 (Foto: cedida)

Um jovem de 21 anos foi morto na noite de quarta-feira, 11, após trocar tiros com a polícia no bairro Santa Helena, segundo distrito de Rio Branco. Matheus Alves dos Santos, teria sequestrado um motorista de aplicativo e acabou trocando tiros com a polícia.

Conforme informações do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), o motorista de 29 anos foi acionado para fazer uma corrida entre o bairro Areal e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito. Três jovens entraram no carro e após o início da corrida, os suspeitos anunciaram o assalto e o obrigaram a continuar dirigindo pela cidade. Ao chegarem a uma rua deserta, amarraram seus pés e mãos, e o jogaram dentro do porta-malas do carro.

Ainda conforme o CICC, a polícia foi acionada com a informação de que o motorista havia desaparecido após atravessar para o segundo Distrito e, ao iniciar a patrulha, a polícia localizou o carro descrito na denúncia, porém, mesmo recebendo ordem de parada, os acusados tentaram fugir sendo, portanto, perseguidos pela polícia.

Durante a perseguição, os assaltantes começaram a atirar na polícia colocando a arma para fora do carro, começando assim uma troca de tiros. Logo, os suspeitos pararam o veículo e dois se renderam, sendo um menor de 17 anos que foi apreendido e outro jovem de 19 anos que foi preso.

O terceiro assaltante resistiu à prisão e acabou morto em confronto com a polícia. Ainda de acordo com a polícia, foram apreendidos um revólver e uma escopeta.

O corpo de Matheus foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para realização dos exames cadavéricos. Já o motorista foi resgatado com vida e está se recuperando do choque.

Matheus Alves dos Santos tinha 21 anos