Pular para o conteúdo
Justiça

Quatro meses após o crime, polícia prende suspeito pelo assassinato de pastor, na Transacreana

Ao final da tarde desta quarta-feira, 18, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), prendeu na rodovia AC-90, Km 80, R. N. N. C. de 38 anos, vulgo “Peteca”, em posse de uma arma de fogo, espingarda calibre 12’.

Ele estava sendo investigado pela participação no assassinato do pastor e colono Raimundo de Araújo Costa, de 62 anos, morto com um tiro ao ter a propriedade invadida, na noite do dia 9 de maio de 2021, na Estrada Transacreana, zona rural de Rio Branco.

O preso é um dos suspeitos do homicídio e da prática de um “arrastão”, que culminou com roubo a diversos moradores daquela região.

“Peteca” já havia sido preso há 30 dias pela prática de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, entretanto, foi solto em audiência de custódia.

Após trabalho investigativo da especializada, foi possível identificar o autor, que foi preso em uma área rural localizada no km 80 da estrada Transacreana, AC-90.

O preso foi conduzido à delegacia, onde prestou depoimento ao delegado Leonardo Ribeiro e, em seguida, colocado à disposição da Justiça .

Pastor Raimundo de Araújo Costa, de 62 anos, foi morto com um tiro ao ter a propriedade invadida