Pular para o conteúdo
na Aleac

Roberto Duarte diz que situação do cadastro de reserva da Polícia Civil pode virar ação judicial

"Existem mais de 500 aprovados no último e quero fazer um apelo ao governador para que respeite a validade do concurso que está em vigor", apelou Duarte

A situação do pessoal do cadastro de reserva da Policia Civil foi novamente objeto do discurso do deputado estadual Roberto Duarte (MDB). Na sessão da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), desta terça-feira (17), o parlamentar disse que a abertura de outro concurso existindo um com validade em vigor, pode gerar ação judicial.

“Se a situação continuar assim, vai virar objeto de ação judicial. Não questiono os concursos nas outras áreas da segurança, como o do Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN) e Bombeiros, mas não é hora de abrir um concurso para Polícia Civil. Existem mais de 500 aprovados no último e quero fazer um apelo ao governador para que respeite a validade do concurso que está em vigor”, reiterou.

Duarte acrescentou ainda que existem questionamentos sobre a legalidade da abertura de um novo concurso até pela situação econômica. “Não vou entrar nesse mérito, quero apenas que o governador se sensibilize”, concluiu.

Leia também: ‘Demoraram todo esse tempo iludindo essas pessoas’, lamenta Roberto Duarte sobre aprovados no cadastro de reserva da Polícia Civil