Pular para o conteúdo
EITA!

Wesley Safadão e Thyane Dantas são indiciados por vacinação irregular no Ceará

É eita atrás de vixe! A Polícia Civil do Ceará divulgou na última quarta-feira, dia 29, o inquérito policial que investiga a vacinação irregular contra a Covid-19 de Wesley Safadão, a esposa, Thyane Dantas, e mais cinco pessoas.

Ainda de acordo com as autoridades, o grupo deverá responder pelos crimes de peculato e por infração a determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, cujas penas somadas podem chegar a 13 anos de prisão. Já a assessora de Wesley, Sabrina Tavares, foi indiciada por infração de medida sanitária.

Vale lembrar que, no dia 8 de julho, Thyane foi vacinada quando dia 30 anos de idade e o calendário de vacinação ainda estava aplicando a primeira dose em pessoas com 32 anos de idade ou mais, podendo indicar que a esposa do artista furou a fila para receber o imunizante em um shopping de Fortaleza – já que não estava agendada. Por outro lado, Wesley e a assessora estavam na data certa, porém trocaram de posto de vacinação. Sendo assim, a Polícia Civil irá investigar se o casal mudou a data e o local com o intuito de escolher o fabricante da vacina.

As autoridades ouviram 19 pessoas no caso e as investigações levaram cerca de dois meses. No final, eles apontaram três funcionários como responsáveis pela irregularidade. Eita!