Pular para o conteúdo
Por meio de Seinfra

Com pontes quebradas e locais abandonados, Estado vai investir cerca de R$2 milhões para reformar o Parque da Maternidade

Reforma deve começar na próxima segunda-feira,27, para recuperar pontes, calçadas, quadras e quiosques

Ponte quebrada na Via Parque. (Foto: Arquivo pessoal)

Morador do bairro Bosque, perto da Via Parque, o leitor Thyago Damasceno denuncia uma situação encontrada em vários outros trechos do Parque da Maternidade, uma ponte quebrada e a falta de iluminação. Segundo ele, muitos moradores passam pelo local e correm risco de se machucar.

“Na última vez, eu quase furava meu pé. Alguns idosos que fazem caminhada aqui no Parque também têm grandes chances de se machucarem. Sem contar a (falta de) iluminação, pois de noite fica tudo escuro”, reclama o morador.

Em resposta, o secretário estadual de Infraestrutura (Seinfra), Cirleudo Alencar, afirma que todo o canal vai passar por uma reforma, a partir da próxima segunda-feira, 27, com um investimento de quase R$ 2 milhões. Um visita técnica foi realizada nesta terça-feira,21, para orientar a empresa que fará o serviço.

O Parque é de responsabilidade da Prefeitura de Rio Branco, mas um convênio foi firmado entre o Governo para a manutenção da região. (Foto: Jean Lopes)

De acordo com o secretário, será feita uma “revitalização total” do canal, recuperando pontes, calçadas, quadras poliesportivas (de areia e de concreto) e quiosques. O paisagismo do Parque também será revisto durante as obras.

“O governador vai reformar tudo para entregar para a prefeitura. O levantamento dos pontos já foi feito e a previsão é de finalizar em cerca de 45 dias”, afirma Cirleudo.

Uma visita técnica foi realizada na tarde desta terça-feira,21. (Foto: Jean Lopes)

O secretário explica que o Parque é de responsabilidade da Prefeitura de Rio Branco, mas um convênio foi firmado entre o Governo para a manutenção da região. Com relação à iluminação, ele afirma que a Prefeitura está realizando a implantação de LEDs no percurso do Parque.

Leia também: Memorial em homenagem às vítimas da Covid-19 será entregue até dezembro no Acre