Pular para o conteúdo
Ataques

Erick Venâncio denuncia ‘covardia’ em ataques de perfil fake na pré-campanha pela presidência da OAB-AC

Após a manifestação pública de Venâncio, o perfil falso não foi mais encontrado, o que aponta que pode ter sido removido

Pré-candidato à reeleição pela presidência da Seccional Acre da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AC), o advogado Erick Venâncio utilizou as redes sociais, na tarde desta terça-feira (21), para denunciar que ele e sua família estão sendo alvo de “covardia”, em ataques de perfis fakes na internet.

“A covardia é o escudo daqueles que não tem coragem. Temos sido vítimas de uma sórdida campanha que ao invés de discutir ideias, propósitos e intenções tem se restringido a atacar covardemente pessoas e até mesmo a nossa instituição. Por meio de contas clandestinas, perfis falsos e outras ferramentas próprias a quem vive no submundo, na clandestinidade, os mensageiros da renovação ofendem até mesmo nossas famílias. Distorcem fatos e criam fake news a fim de ofender e macular a nossa honra. Tudo parece valer a pena.”, desabafa Venâncio.

Na página fake, cuja foto de perfil é o logotipo da OAB-AC e a descrição é “O que não foi feito em 3 anos”, o autor anônimo faz ataques ao advogado e à esposa dele, a contadora Nayara Honorato, que é vice-presidente da Junta Comercial do Acre.

Em resposta, Venâncio continuou: “Quem age dessa forma não merece o respeito da advocacia, pois não ostenta condições, seja de coragem, seja de honradez, para se pretender representante de ninguém, a não ser de si mesmo, do ódio e do desprezo pelo próximo que carrega consigo. Não iremos enveredar por esse caminho. Continuaremos a discutir e trabalhar pelo presente e pelo futuro da advocacia.”, frisou.

Ao final, ele agradeceu, junto com a esposa às manifestações de solidariedade. “Agradecemos, eu e Nayara, pelas inúmeras manifestações de solidariedade. Quem tem trabalho, não precisa de perfis falsos; Quem tem história, não precisa da clandestinidade; Quem foi forjado na luta, não se esconde na covardia; Quem tem Deus no coração, não age com ódio, mas sim com amor.”, concluiu.

Após a manifestação pública de Venâncio, o perfil falso não foi mais encontrado, o que aponta que pode ter sido removido.

As eleições na OAB-AC estão previstas para ocorrerem em novembro e, até o momento, além de Erick Venâncio, também se declarou pré-candidato à presidência da seccional Acre, o advogado Rodrigo Aiache.

Procurado pela reportagem do site A Gazeta do Acre, Aiache afirmou que já se manifestou, “no sentido de que tudo que fugir de propostas e ideias é contraproducente e não ajuda a resolver os problemas da advocacia”.
E continuou: “Nossa Constituição prevê a liberdade de expressão, mas veda o anonimato. Então, proponho que a luta seja em torno de ideias e propostas”, concluiu ele.