Pular para o conteúdo
lei Aldir Blanc

Músicos acreanos ministram curso de rudimentos ritmicos aplicados à bateria

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo número 99206-4033

Paulinho Nobre, baterista e professor

Financiado pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, começa nesta terça-feira, 21, no Teatro Hélio Melo, o Curso de Rudimentos Rítmicos aplicados à bateria a ser ministrado pelos músicos acreanos e professores Paulo Nobre e Jorge Anzol, ambos bateristas experientes e renomados no meio artísticos e cultural.

Eles pretendem ensinar de uma maneira didática, lúdica e prazerosa a cultura rítmica norte americana com matriz africana, através dos ritmos que serviram como base para grande parte da música forjada naquele país, e no resto do mundo, como o blues, jazz, rhythm and blues, soul e o rock, pavimentado a estrada da música contemporânea ocidental.

De acordo com a proposta, a prática da bateria em nível intermediário enfoca o desenvolvimento da coordenação motora necessária para a prática instrumental, voltada aos diversos gêneros que utilizem a subdivisão do pulso em quatro partes, e a inclusão de gêneros que realizam a divisão do pulso em 3 partes, com vistas ao desenvolvimento artístico pelo aprendizado crítico-reflexivo dos conteúdos.

Jorge Anzol, baterista do Los Porongas e professor do curso

São 25 vagas destinadas aos amantes da bateria em nível intermediário. O curso tem 40 horas de duração distribuídas em 8 encontros presenciais.

Aprovado no Edital de Formação lançado pela Fundação Elias Mansour, e com financiamento da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, as inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo número 99206-4033.

DATAS:

Teatro Hélio Melo, 14h às 19h

Encontro 1 – 21 de setembro – terça
Encontro 2 – 23 de setembro – quinta
Encontro 3 – 25 de setembro – sábado
Encontro 4 – 28 de setembro – terça
Encontro 5 – 01 de outubro – sexta
Encontro 6 – 05 de outubro – quinta
Encontro 7 – 07 de outubro – terça
Encontro 8 – 16 de outubro – sábado

Aula: 01
Apresentação
Um breve relato sobre a história da bateria
A história da bateria no Acre
referências musicais internacionais e brasileiras (bateristas)
Aquecimento
Pegada da baqueta: pegada tradicional (francesa) pegada contemporânea (germânica)

Aula: 02
Montagem da bateria e o reconhecimento das peças (tambores, pratos e ferragens)
Informações sobre a construção de instrumentos ( madeira, peles, pratos e ferragens)
A história dos rudimentos

Aula: 03
Introdução à leitura rítmica
introdução aos rudimentos
toque simples
toque duplo
paradiddles
paradidlles/acentuação
Aplicação na bateria

Aula: 04
Paradidlles invertido
paradiddles duplo
paradiddles triplo/acentuação
Aplicação na bateria

Aula: 05
Flam
Flam/paradidlles
Tap paradidlles
Acentuação
Aplicação na bateria

Aula: 06
drag
Buzrol
Drag/paradidlles
Acentuação
Aplicação na bateria

Aula: 07
Prática com o metrônomo
Prática com play along
Prática em conjunto
improvisação

Aula: 08
Ditado rítmico
Leitura e escrita musical
Noções de gravação do instrumento
jam session com os participantes do curso
Encerramento