Pular para o conteúdo
Investigação

SEE apura suposto desvio de recursos na compra de livros doados pelo MEC

Informações extra oficiais apontam que o prejuízo aos cofres públicos seria em torno de R$ 16 milhões

Foi publicada no dia 2 de setembro no Diário Oficial do Estado, a portaria que constitui comissão de Processo Administrativo Disciplinar para apurar irregularidades na compra de livros que na verdade, são doados gratuitamente pelo Ministério da Educação (MEC).

A Secretaria de Estado de Educação (SEE) informou que, por enquanto, não irá se posicionar sobre o assunto, no entanto, informações extra oficiais apontam que o prejuízo aos cofres públicos seria em torno de R$ 16 milhões.



A comissão é formada por quatro professores, todos do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes. A apuração das irregularidades tem prazo estimado de até 60 dias para apresentação do relatório final, de acordo com as informações do Diário Oficial.

Confira os detalhes da portaria:

error: Conteúdo protegido!!!