Pular para o conteúdo
Rio branco e quinari

Confira a programação do V Festival Matias de Teatro de Rua dessa quinta-feira

Serão cinco apresentações gratuitas no Horto Florestal, Associação dos Moradores do Esperança e no Quinari

Espetáculo “A Muy Lamentável e Cruel História de Píramo e Tisbe” será a primeira apresentação do dia, às 16h.

No terceiro dia de Festival, artistas do Amazonas, Pernambuco, Rondônia e Rio Grande do Sul farão apresentações em Rio Branco e no Quinari. A programação começa a parti das 16h, na Associação dos Moradores do Esperança. A entrada é gratuita, o uso da máscara é obrigatório e haverá controle para manter o distanciamento social, além da verificação de temperatura do público.

O dia marca a estreia do Grupo Ritornelo, do Rio Grande do Sul, na região Norte. O espetáculo “Faixa de Graça” será apresentado às 19h, no Horto Florestal. A peça traz os palhaços Canela e Eustáquio que desgarrados no mundo partem na busca de uma nova terra, caminhando e tombando e tornando a tombar decidem fundar um novo país. Através do olhar ingênuo e transgressor do palhaço, procuram uma nova realidade onde a alegria, a brincadeira e a felicidade são elementos fundamentais na construção desse novo território.



“Para nós é uma satisfação, uma alegria muito grande, uma expectativa também por voltar às ruas. Muito felizes por conhecer o Acre e Rio Branco e em um Festival tão importante e significativo. Esperamos que a gente consiga dialogar com a plateia, tocar elas de alguma forma e divertir!” comenta o ator e palhaço Guto Pasini.

Grupo Ritornelo se apresenta pela primeira na Região Norte.

Com mais de 30 anos de existência, quem também se apresenta nesta quinta-feira, é a Troupe Teatral Espantalho de Arcoverde, do Pernambuco, apresenta o espetáculo “A Peleja de Severo para Enganar a Morte” nesta quinta-feira, 14, às 17h, no Horto Florestal, em Rio Branco.

A peça conta a história de Severo, rebento da esperteza com a malandragem, mas de bom coração, que por uma boa ação feita a um ser místico-mitológico, ganha três presentes com poderes mágicos: uma mangueira, um banquinho de madeira e um ganzá. Com essas relíquias, Severo urde as tramas para enganar a Morte e em sequência, seus comandados, o Capiroto e a Diaba. O espetáculo utiliza-se da linguagem do teatro de rua e bonecos, explorando as técnicas de bonecos de luva, marotes, vara, ventríloquo e máscaras.

O V Festival Matias de Teatro de Rua é realizado de 12 a 16 de outubro em vários pontos de Rio Branco, além de Bujari e Quinari. Com produção e idealização da Cia. Visse Versa, o Festival é realizado com financiamento da Lei Aldir Blanc, pela Fundação Elias Mansour (FEM) e do Fundo Municipal de Cultura, da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), apoio das Prefeituras do Bujari e Senador Guiomard, e parcerias da FETAC e da RBTR.

Acompanhe a programação nas nossas redes sociais: Instagram @cia.visseversa / Facebook Cia. Visse e Versa. Confira a programação desta quinta-feira,14:

Dia 14/10 – Quinta-feira

  • RIO BRANCO

16h- A Muy Lamentável e Cruel História de Píramo e Tisbe/ Teatro Ruante (RO) – Assoc. dos Moradores do Esperança

17h(I)Mundo de Sofia/ Ana Oliveira (AM) – Assoc. dos Moradores do Esperança

17h- A Peleja de Severo para Enganar a Morte/ Trupe Espantalho (PE) – HORTO FLORESTAL

19h- Faixa de Graça / Grupo Ritornelo de Teatro (RS) – HORTO FLORESTAL

  • QUINARI

17h – Circo Trupiada/ Trupe Circuluz (PE)

error: Conteúdo protegido!!!