Pular para o conteúdo
Mutirão da vacinação

Rio-branquenses ressaltam a importância da vacinação contra o coronavírus

Vacinação será aplicada até às 22h deste sábado em vários pontos de Rio Branco

Dona Maria de Nazaré, de 76 anos, tomou a terceira dose da vacina neste sábado,20 (Foto: Dell Pinheiro)

A aposentada Maria de Nazaré da Silva Lima, de 76 anos, foi uma das primeiras a tomar a terceira dose da vacina contra o novo coronavírus na manhã deste sábado,20, em frente ao Palácio de Rio Branco. Ela é uma das duas mil pessoas que o Estado pretende vacinar até o final do dia com  o  mutirão “Mega Vacinação”.

“Já vim tomar a dose de reforço, não facilito para a doença. Todos devem ter consciência da importância que é se vacinar. Não podemos dá ‘mole’ para essa pandemia, que já matou muitas pessoas”, destacou dona Maria.

O mutirão contra a Covid-19 é realizado em Rio Branco em uma parceira da prefeitura da capital com o governo do Estado. As doses estão sendo aplicadas em Unidades Básicas de Saúde (UBS), supermercados e em frente ao Palácio Rio Branco. A campanha começou às 8h e vai encerrar às 22h. Uma novidade divulgada no início desta tarde é que as pessoas que se vacinarem a partir das 14h vão concorrer a um ingresso para o show do cantor Gusttavo Lima.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está atendendo quatro grupos: os que ainda não tomaram a l° dose,  os acima de 12 anos de idade que irão tomar a 2° dose, pessoas acima de 12 anos com alto grau de imunossupressão,  e os acima de 18 anos de idade com mais de 5 meses da última dose para receber a 3° dose, a de reforço.

Mutirão será realizado até às 22h deste sábado (Foto: Dell Pinheiro)

A dona de casa, Jaqueline Lima, de 31 anos, tomou a segunda dose, e disse que não tinha se imunizado antes porque doou sangue. “Esperei um período para tomar mais uma dose da vacina. Todos devem se imunizar para que o vírus não contamine mais pessoas! Muitos acreditam que a vacina não possa proteger contra a doença, mas protege sim!

A estudante Yasmin Silva de Souza, de 16 anos, que também tomou a segunda  dose, falou que muitos que morreram não tiveram a oportunidade de tomar a vacina. “Estamos tendo a chance de tomar a vacina, o que muita gente não teve. Por isso, é importante a imunização em todas as idades”.

Estudante Jaqueline Lima tomou a segunda dose da vacina (Foto: Dell Pinheiro)

Renata Quiles, coordenadora estadual de imunizações, destacou de que forma está sendo feito o mutirão. “Essa é uma campanha de incentivo para os que ainda não se vacinaram e para os que precisam tomar as outras doses da vacina. A expectativa de público é em torno de 2 mil pessoas. Graças a Deus que o movimento está constante, porém controlado. A população está comparecendo, mas sem causar tumulto”.

Leia também: Promoção sorteia 20 ingressos para show do Gusttavo Lima para quem se vacinar neste sábado