• ARTIGO – Caminhos de índios: estradas e varadouros na floresta

    Recentemente foram publicados estudos arqueológicos sobre caminhos indígenas milenares ligando antigas aldeias circulares e geoglifos no Acre, revelados com o uso de modernas tecnologias tipo LiDAR (Revista FAPESP, Jan. 2021; Revista Planeta, Dez. 2020; Revista Galileu, Dez. 2020; e Folha de São Paulo, 29.12.2020). Porém,...

  • ARTIGO – Caboquim

    No Município de Senador Guiomard, embora eu prefira Quinari, está o Ramal Oco do Mundo, situado entre o Ramal Nabor Júnior e o Ramal do Bigode. No Acre, Ramal é um caminho secundário, sem asfalto. Lama no inverno, poeira e buracos no verão. O Ramal...

  • ARTIGO – Crise nos Correios é político-administrativa. Privatização prejudicará pequenas cidades

    Lamentável o que aconteceu com os Correios desde meados dos anos 2000, quando a empresa virou moeda de troca dos políticos: seus “afilhados” que a assumiram, incompetentes e corruptos, expandiram a empresa “na marra”, a encheram de indicados políticos para cargos chaves e de funcionários...

  • ARTIGO – Geoglifos para Epymará e Kurampura

    Nos escritos deixados por dois estudiosos-aventureiros que andaram pelo Acre na passagem do século XIX para o século XX, o Coronel Labre (fundador da cidade de Lábrea, Amazonas) e o Coronel inglês Percy Fawcett (que inspirou o personagem “Indiana Jones”), é possível perceber detalhes interessantes...

  • Qual o custo financeiro dos incêndios nas florestas acreanas?

    A resposta a essa pergunta foi dada na forma de um artigo criterioso publicado em uma revista científica de alto nível. O artigo indica de forma objetiva a extensão dos prejuízos financeiros que a queima de milhares de hectares de florestas nativas representa para a...

  • A regularização fundiária é uma estratégia eficiente para combater o desmatamento na Amazônia?

    Segundo os dados disponibilizados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o ápice do desmatamento anual na Amazônia aconteceu em 1995, quando cerca de 29 mil km² de florestas foram derrubadas. A pressão de ambientalistas e da comunidade internacional, combinada com a crise econômica pós-Plano...

  • Nem a pandemia de coronavírus freia a destruição da floresta amazônica

    O advento da pandemia de coronavírus no Brasil trouxe uma crise socioeconômica de proporções nunca vistas. O país encontra-se praticamente paralisado em função das medidas sanitárias tomadas para minorar o alcance do vírus e, com isso, aliviar uma pressão que de outra forma se revelaria...

  • PANDEMIA DE CORONAVÍRUS: O MELHOR CENÁRIO É DESASTROSO

    No final da semana passada (26/03) pesquisadores do Imperial College de Londres, no Reino Unido, publicaram estimativas do impacto que a pandemia de coronavírus poderá ter em 202 países. O estudo é assinado por cerca de 50 cientistas, incluindo um grupo ligado à Organização Mundial...

  • Coronavírus e o ocaso dos políticos fanfarrões

    “Você atacou a ciência nos últimos quatro anos, cortou verbas, chamou os cientistas de mentirosos e agora quer velocidade? Ciência não se faz da noite para o dia, precisa de investimento e, sobretudo para uma vacina, precisa-se de tempo e investimento. Você não pode atacar...

  • Natureza e biodiversidade não são empecilhos para o progresso

    EVANDRO FERREIRA No Brasil, a guinada política resultante das eleições ocorridas em 2018 tem como um dos seus alvos preferenciais o meio ambiente na região amazônica. Não no sentido de se intensificar a proteção e o manejo sustentável dos recursos naturais da região. Ou mesmo...