EDITORIAL – Jornal A Gazeta
  • Não deu trégua

    Muito graves as notícias sobre os arrastões coletivos, que tem amedrontado os usuários do transporte coletivo de Rio Branco. É certo que não é de hoje o crescimento do número de roubos e furtos em ônibus, nas “paradas”, nas ruas da cidade, enfim… Há tempos, aliás, que esse problema se tornou tão rotineiro, que a …   Leia mais

  • O único caminho possível

    Urgente e necessária a parceria anunciada entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Rio Branco para convênios que devem beneficiar obras de infraestrutura da Capital.   Leia mais

  • Muito a falar e a justificar

    Os deputados estaduais aprovaram a convocação do chamado Grupo Permanente de Planejamento Estratégico, para prestar esclarecimentos, na Assembleia Legislativa, sobre o ordenamento nas ações do Executivo, para os próximos quatro anos. A princípio, nenhuma grande novidade, uma vez que, por lei, a estratégia de ação deve ser, de fato, apresentada em até 120 dias, após …   Leia mais

  • A crise de credibilidade precoce

    A onda de protestos que tomou conta da cidade é mais um sintoma não somente da crise econômica e social pela qual passa o Estado, há anos, mas também da crise de credibilidade precoce do governo de Gladson Cameli.   Leia mais

  • Volte logo!

    A notícia sobre o afastamento do governador Gladson Cameli, por recomendação médica, em decorrência de um início de pneumonia, provocou uma série de especulações, na pitoresca política local.   Leia mais

  • Mais um pra conta

    O aumento no preço da gasolina no Acre, registrado nesta quinta-feira, é mais um pra conta, entre os tantos reajustes abusivos que tem recaído no bolso do consumidor acreano.   Leia mais

  • Responsabilidade e respeito!

    Conforme divulgado em matéria da edição de hoje, a Casa Souza Araújo, que abriga portadores de hanseníase, desde 1930, quando foi inaugurada, corre o risco de ser fechada, por falta de condições básicas de funcionamento, como alimentos e medicamentos para os doentes em tratamento.   Leia mais

  • Não pode esperar

    A morte do primo do governador Gladson Cameli, no Pronto Socorro da Capital, segundo consta pela falta de um procedimento de cateterismo, é mais um dos tantos casos lamentáveis que chama a atenção para a precariedade do sistema de Saúde do Acre.   Leia mais

  • Tem coragem?

    Deve sair, em breve, o esperado parecer da Procuradoria Geral do Estado sobre a extinção da pensão dos ex-governadores do Acre. E, conforme noticiado, o procurador-geral irá recomendar ao governador Gladson Cameli que suspenda o famigerado benefício.   Leia mais

  • Cedo demais para greve

    Todas as reivindicações dos servidores da Saúde são justas e aceitáveis. Mais do que ninguém, a população sabe o quanto estes profissionais estão sobrecarregados nesta eterna luta contra todo e qualquer tipo de crise para manter as unidades de saúde e hospitais salvando vidas.   Leia mais