“Não foi identificado nenhum ponto crítico”, diz Ufac, sobre visita da Vigilância Sanitária – Jornal A Gazeta

“Não foi identificado nenhum ponto crítico”, diz Ufac, sobre visita da Vigilância Sanitária

Após denúncias de intoxicação alimentar por parte de estudantes, uma equipe do Departamento de Vigilância Sanitária de Rio Branco realizou, nesta sexta-feira, 12, uma inspeção no Restaurante Universitário da Universidade Federal do Acre (Ufac).

Vários alunos relataram que sofreram com sintomas de intoxicação alimentar depois de almoçarem no RU na última quarta-feira, 10.

O cardápio do dia continha: bife ao molho de acerola; arroz branco; feijão carioca; salada de feijão branco com cenoura cozida e ervas finas; macarrão ao molho de tomate com bacon; suco de caju e tangerina.

Um estudante de enfermagem, que preferiu não ter sua identidade divulgada, disse que chegou a procurar atendimento na Upa porque estava sentindo sintomas como dores no estomago e vômito.

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) chegou a convocar estudantes para acompanharem a visita nesta sexta, 12. Os estudantes também denunciaram as más condições dos bebedouros do campus.

Em nota, a Ufac informou que a Vigilância Sanitária encaminhará um relatório com as adequações necessárias para melhorar o fluxo de serviços. Porém, na visita “não foi identificado nenhum ponto crítico que impeça o fornecimento das refeições”.

Por fim, a reitoria se solidariza com os estudantes que tiveram seu bem-estar comprometido na ocasião.

FOTO CEDIDA
Assuntos desta notícia