Sem subserviências – Jornal A Gazeta

Sem subserviências

Oficialmente, com apenas três casos suspeitos que estão sendo monitorados, como já se assinalou o Acre tem condições de evitar a grave pandemia do coronavirus, desde que os diversos segmentos – poderes públicos e a sociedade – façam a sua parte na prevenção e combate à doença.

Da parte do Governo do Estado, especificamente, apesar de boas medidas já terem sido anunciados e em execução, a infraestrutura da Secretaria de Saúde ainda é precária e já estão surgindo alguns problemas, como a falta de leitos, de médicos e instrumentos adequados parra proceder os procedimentos recomendados.

Como se noticiou ontem, o Governo do Estado teria ganho 10 novos leitos de UTI e cerca de R$ 1 milhão do Governo Federal. Ganhou coisa nenhuma e revela mais uma vez uma atitude de subserviência. É um direito do Estado exigir os recursos necessários e obrigação do Governo local e a bancada federal cobrar o que está faltando.

De outra parte, a sociedade também têm suas obrigações em seguir as orientações que estão sendo massificadas. Obrigações simples, como lavar as mãos e permanecer em suas casas, já que quase todas as instituições suspenderam suas atividades. Como algumas atitudes também devem ser contidas, como o estoque de produtos de primeira necessidade.

Em suma, há motivos sim para preocupação, mas como assinalou o médico infectologista Thor Dantas, se essas medidas simples forem observadas, o Estado poderá evitar uma grave epidemia.

 

Assuntos desta notícia