Flu bate Atlético-PR, mantém arrancada e se aproxima do alívio

A esperança mais do que nunca é real. O Fluminense conseguiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro e se aproximou do ‘alívio’. O Tricolor bateu o Atlético-PR por 2 a 1, no Maracanã, pela 35ª rodada da competição nacional. Agora, apenas dois pontos separam o clube das Laranjeiras da salvação.

“Temos três jogos muito complicados pela frente e temos de seguir vencendo, manter essa arrancada. Com fé conseguiremos”, disse Fred.

“Não sei como o time do Fluminense está nessa situação. É muito bom e vai sair dessa. E espero que a gente também se livre desse risco”, avaliou o atleticano Nei.

Agora o Fluminense soma 39 pontos. O time continua na 17ª colocação, porém a apenas dois pontos do Botafogo, 16º colocado. Já o Atlético-PR está com 43 pontos, em 15º lugar e ainda ameaçado pela ‘turma da degola’

A partida começou bastante truncada. As duas equipes não conseguiam desenvolver o melhor de seu futebol e não apresentavam nada produtivo ofensivamente. O jogo estava parado nas jogadas mal formuladas de meio campo e as equipes apenas se estudavam.

E foi na primeira finalização Tricolor que o Fluminense abriu o placar. Maicon recebeu pela esquerda e se livrou dos zagueiros do time paranaense. Após sua bela jogada, centrou ao meio da área, onde estava Fred para completar ao fundo da rede. Estava aberto o placar.

Depois do gol, o Atlético Paranaense, mesmo tímido, começou a adiantar seu jogo e apresentar dificuldades à defesa tricolor. Por duas vezes o Furacão chegou com perigo para gratas intervenções do arqueiro tricolor. Mesmo assim, o jogo continuava morno para os espectadores.

No segundo tempo, o Atlético-PR tentou abrir mais o jogo e tocar mais a bola. Mesmo assim, a defesa tricolor, liderada por Digão, segurava bem as investidas da equipe paranaense. Com isso, o Fluminense tentava apostar nos contra-ataques.

E quando estava mais acuado, o Fluminense encontrou o segundo gol. Conca fez linda jogada na entrada da área e achou um passe para Maicon. O jovem atacante recebeu sozinho e tocou por cobertura. O Atlético-PR ainda descontou no final, mas já estava liquidada a fatura.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation