Prefeitura inaugura Ecoteca no bairro Santa Inês

eco_teca

A prefeitura de Rio Branco inaugura amanhã, 25, às 8 horas, no bairro Santa Inês mais uma Ecoteca. Trata-se da Ecoteca Beija-flor que beneficiará cerca de 440 alunos do ensino fundamental da escola municipal Chico Mendes.
As Ecotecas têm o objetivo de criar espaços públicos de leitura e de brincadeira que possibilitem ao aluno se perceber integrante, dependente e agente transformador do ambiente, exercendo a sua ecocidadania.  As Ecotecas são na avaliação do secretário Municipal de Meio Ambiente, Arthur Leite, unidades inseridas nos projetos pedagógicos das escolas e que funcionam de acordo com o planejamento didático dos professores e coordenadores, devendo estar em sintonia com os conteúdos curriculares, com os temas transversais que fazem parte do ensino fundamental, das atividades e projetos de educação ambiental desenvolvidos na escola.
A unidade beneficiará alunos de 1ª a 4ª séries das regionais I e VII. Artur Leite lembra que as Ecotecas estão sendo implantadas a partir de recursos do Programa de Gestão Participativa (PGP) do município.
“São os próprios moradores da comunidade que definem, no PGP, como os recursos são utilizados e aqui nas regionais um e sete, já contamos com sete Ecotecas, pois há um entendimento da comunidade em priorizar investimentos na área de educação infantil e ambiental, o que é muito importante”, salientou Artur Leite.

Como funcionam as Ecotecas
Todas as Ecotecas são equipadas com recursos audiovisuais e títulos variados. O acervo é tanto de livros e coleções, como de filmes em DVD, materiais lúdicos e didáticos como fantoches, jogos e outros, que permitem às crianças descobrir nos textos e atividades desenvolvidas, sua face mais pessoal e prazerosa, sua dimensão mais encantadora e envolvente, sensibilizando principalmente para o respeito ao meio ambiente.
Para cada Ecoteca implantada a escola beneficiada disponibiliza um monitor que acompanha as atividades e ações desenvolvidas no espaço. Tanto o monitor quanto o corpo docente da escola recebem capacitação em forma de cursos, oficinas, eventos de valorização da leitura e roda de leituras, para o uso produtivo do espaço didático ambiental no intuito de sensibilizar os professores para perceberem que não apenas ensinam, mas que têm como missão propor, estimular, provocar, seduzir e orientar de modo que os alunos se sintam motivados a buscar os caminhos e benefícios da leitura. Os monitores e professores são peças fundamentais para animar o processo educativo, ambiental e cultural a ser desenvolvido no espaço Ecoteca.
O projeto de implantação de Ecotecas é realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), por meio do subprojeto de formação de educadores ambientais, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Seme), com recursos do Plano de Gestão Participativo (PGP) do município de Rio Branco.

Fonte: Assessoria da Prefeitura

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation