Polícia Civil inicia operação “varredura” em Rio Branco

Com foco para bares e pontos sensíveis, a Polícia Civil de Rio Branco iniciou na sexta-feira a operação “varredura”, que tem como objetivo central checar documentação de bares, abordar transeuntes, ciclistas e motoqueiros, e coibir a vendas de drogas .

Pelo menos 25 bairros da jurisdição da 1ª Regional de Polícia Civil foram vasculhados. Participaram da operação, policiais das cinco regionais. Os delegados Nespoli Rodrigues, Leonardo Alves de A. Santa Barbara e Marcelo Melo Laet, sob a coordenação do delegado José Henrique Maciel comandaram as diligências. “Trata-se de uma ação preventiva da Polícia Civil que não tem prazo para encerrar”, disse Henrique.

Em Rio Branco o secretário Emylson Farias da Silva determinou que as ações fossem planejadas e executadas por cada Regional, fato que dá mais poderes aos delegados que coordenam às Regionais. Tudo é feito com base em levantamentos preliminares da polícia.

Na sexta-feira os policiais revistaram bares e similares checando a validade de documentação (alvará). Cinco pessoas foram conduzidas à delegacia. Três delas por tráfico de entorpecentes, uma por furto e outra por estar na condicional e fora do horário determinado pela Justiça, andando na rua.

Cerca de 36 homens participaram da operação. A polícia percorreu ruas, vielas e becos na  periferia e pontos de grande movimentação no Centro da cidade. (Assessoria)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation