Gazetinhas 01/12/2009

* Todo mundo com as contas de luz e calculadora na mão.

* É que a partir de ontem passou a valer a portaria da Aneel, que reduz o preço das tarifas de energia no Acre e alguns outros estados.

* 5,74% para as residências e 5,16% para a indústria e comércio.

* Como São Tomé, a conferir.

* Shiii!

* Foi só falar em energia, começou a ventar e chover e aí o que acontece?

* Isso mesmo. Apagão.

* Na política local, nada de novo.

* Na política nacional, só está dando o mensalão do governador José Arruda, do Distrito Federal.

* Que coisa mais revoltante, repugnante as imagens dos deputados, secretários e do próprio governador enchendo os bolsos com pacotes de dinheiro.

* Como não coube nos bolsos do paletó, das calças, um deles ainda enfiou alguns pacotes nas meias, nos sapatos.

* E pensar que esse mesmo governador do DEM, quando deputado federal, era um dos críticos mais ferozes do governo Lula.

* Aí o leitor pode alegar que não tem nada a ver com isso.

* Tem sim.

* Por vias diretas ou transversas é o meu, o teu, o nosso, o dinheiro do país que está estufando os bolsos desses políticos safados.

* Governador Binho Marques está com fome de obras. Não pára mais de inaugurar.

* Comandante da Polícia Militar, cel Romário Célio, ficou agastado com a divulgação neste matutino da matéria sobre um dos bandidos contando tudo sobre o assalto ao BB de Feijó.

* Não há motivos.

* Nada que desmereceu o bom trabalho das polícias e o direito da sociedade em ter informações sobre o caso (ver Editorial, no alto da página).

* O telefone toca. É um trabalhador, um pedreiro se queixando que roubaram a caneta da assinatura do Tratado de Petrópolis do Patrimônio Histórico.

* Como ele estava no local, as suspeitas recaíram sobre ele, que jura inocência.

* Juro que também não fui eu.

* Vice-prefeito Eduardo Fa-rias esteve no canteiro de obras do supermercado Makro.

* Agora está tudo bem, tudo esclarecido.

* O cônsul do Acre em Fortaleza do Abunã, José Bu-chinho, deu o golpe do ‘peixe congelado’ também no prefeito de Porto Velho.

* Depois de fisgar um baita tam-baqui ainda congelado, o prefeito só passa os finais de semana na hospedaria do Zé.

* Passando aqui nos altos deste matutino o jornalista Roberto Braña, assessor da Aleac, em estado de graça com seu Nense.

* O telefone toca, toca, toca.

* Deixa tocar. É a torcida ‘daquele time’.

* Hoje, já é dezembro, gente boa.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation