Comenda da Volta da Empreza é entregue a três personalidades pelo prefeito Angelim

comenda

Arcebispo Dom Moacyr Grecchi, empresária Míriam Felício e radialista Nilda Dantas são homenageados
O prefeito Raimundo Angelim homenageou nesta terça-feira, 22, a empresária Míriam Felício, o arcebispo Dom Moacyr Grecchi e a radialista Nilda Dantas com a Comenda do Mérito da Volta da Empreza, a mais alta honraria conferida pela prefeitura de Rio Branco às personalidades que de alguma maneira contribuem para o engrandecimento socioeconômico e cultural da capital acreana. A cerimônia foi realizada no Teatro Hélio Melo e contou com a presença do ex-governador Jorge Viana; do senador Tião Viana; do presidente da Câmara de Vereadores, Jessé Santiago; do vice-prefeito Eduardo Farias e das principais autoridades do Estado.

“Esse é um momento ímpar na história de Rio Branco, em que estamos homenageando pessoas tão especiais da vida da cidade”, destacou o prefeito Raimundo Angelim. No próximo dia 28 de dezembro Rio Branco completará 127 anos de fundação.  A entrega da Comenda faz parte da programação comemorativa a essa data. Nilda Dantas recebeu a Comenda no Grau Comandante; Míriam Felício no Grau Fundador e Dom Moacyr no Grau Chanceler.

O nome da Comenda é uma referência à primeira denominação  dada à cidade de Rio Branco  no período de sua transição de seringal à povoado. A Comenda Volta da Empreza é  constituída de três graus com distintos Patronos. O grau Fundador, cujo patrono é Neutel Newton Maia, destina-se a reconhecer os que se destacaram por sua significativa contribuição nos campos social, cultural, econômico, humanitário, desportivo, ou outros de notável importância para a cidade, bairro ou comunidade. Dona Miriam Felício, de 93 anos, foi a homenageada.

“Foi uma escolha muito especial, porque todos os homenageados representam a história do povo acreano: com a abnegação da dona Míriam, a luta de Dom Moacyr e o tom todo especial com que a Nilda Dantas contou a vida da comunidade acreana através das ondas do rádio”, comentou o senador Tião Viana.

O grau Comandante, com o patrono o Coronel José Plácido de Castro, destina-se a homenagear os que contribuíram, através de atos extraordinários com a comunidade, para a consolidação da cidade em nível regional. Nesse grau, a honraria será conferida a radialista Nilda Dantas. “Ela é a voz da Rádio Difusora Acreana, que tem sede em Rio  Branco. Através da Nilda, queremos prestar homenagem a todos os jornalistas e comunicadores do Acre”, explicou o presidente da Fundação Municipal de Cultura Garibaldi Brasil, Marcos Vinicius das Neves.

O grau Chanceler tem como patrono José Maria da Silva Paranhos Junior – Barão do Rio Branco. Trata-se da mais alta distinção da Ordem, que se destina a homenagear aqueles que tenham reconhecidamente prestado relevantes serviços ao município, ou que, no exercício da sua atividade, tenham destacado o nome do município de Rio Branco nos cenários nacional ou internacional. Nesse contexto, o arcebispo de Porto Velho, Dom Moacyr Grecchi, será o homenageado. “Em quase toda a minha vida fui colocado em locais providenciais, por isso quero, antes de mais nada, dizer que essa homenagem é imerecida; mas ao mesmo tempo me sinto orgulhoso de ter feito parte da história acreana e ter visto o que a gente simples pode fazer. Quero dizer aqui um ditado africano que representa bem as transformações por que essa cidade passou: gente simples, fazendo coisas pequenas, em lugares sem importância, conseguem grandes mudanças”, salientou Dom Moacyr.

O troféu entregue aos homenageados  foi  esculpido em bronze e madeira pela artista plástica  Cristina Motta. O troféu simboliza a árvore da Gameleira, marco de fundação da cidade de Rio Branco. Cada escultura se caracteriza por ser uma peça única, exclusiva e com certificado de autenticidade que acompanha a obra.  O nome dos agraciados foi definido pelo Conselho Consultivo instituído pela lei que criou a Comenda.

De parte da sociedade civil, o conselho foi composto pela ativista de movimentos sociais Raimunda Bezerra, pelo empresário João Francisco Salomão e pela funcionária da Câmara de Vereadores de Rio Branco, Leoneide Coelho do Amaral; por parte da gestão municipal, pelo secretários José Fernandes do Rego (Governo), Mário Jorge Fadel (Agricultura); Zeli Isabel Ambrós (Chefe de Gabinete do Prefeito Raimundo Angelim), João Valdiro dos Santos (servidor), sendo  presidido pelo diretor-presidente da Fundação Garibaldi Brasil, o historiador Marcos Vinicius.  Na edição 2008 os homenageados foram o ex-governador Jorge Viana, Manoel da Gameleira e o padre André Ficarelli. (Agência de notícias do Acre)

 
 comenda2

  
 
 
 
 
 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation