Empresários discutem incremento ao comércio exterior

pessoas
Empresários discutem viabilidade do Comércio Exterior para MT

Meta é viabilizar negócios entre o Estado, a Bolívia e o Peru, usando a via Interoceânica Sul

Empresários peruanos e brasileiros já articulam a realização, em maio de 2010, de uma caravana entre Arequipa (Sul do Peru), Bolívia e Cuiabá pela rota terrestre da Interoceânica Sul, rodovia que liga parte do Pacífico do Peru com a fronteira do Acre, no Brasil. O objetivo é mostrar a viabilidade do comércio exterior entre empresas mato-grossenses e dos dois países.

A proposta foi pensada e programada por instituições na quinta-feira (26), no Encontro Internacional de Negócios de Mato Grosso (Exponegócios), realizado no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, pelo Sebrae-MT e Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme).

Um dos idealizadores da proposta é o consultor econômico Luis Ernesto Cáceres Ângulo, gerente-geral da Markplan Marketing e Planejamento, de Arequipa. “A finalidade é mostrar a rota e o turismo entre as cidades”, disse. Ele calculou que “facilmente, pode ter na caravana 45 empresários de diferentes setores econômicos”.

A líder de Unidade de Acesso a Mercados do Sebrae-MT, Marta Torezam, lembrou o contato inicial em termos de comércio exterior como fundamental para evolução dos negócios. “Este é o esforço que o Sebrae e o governo do Estado, através da Sicme, têm feito para materializar negócios entre pequenas empresas desses países. Queremos aproximar as pessoas e a partir daí elas podem avançar em negócios”, afirmou.

O Exponegócios tem como foco colocar frente a frente empresários mato-grossenses, peruanos e bolivianos de 28 atividades econômicas, divididas em cinco segmentos (alimentos e bebidas, móveis, serviços, higiene e limpeza e confecção). Eles prospectam e efetivam acordos comerciais por meio de rodadas de negócios. Ao todo estão presentes no Centro de Eventos 50 empresas de Mato Grosso e 34 peruanas e bolivianas. (Da redação com assessoria/Sebrae)

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation