Orleir Cameli é condenado a devolver R$ 221 mil

Em Ação Civil Pública, por improbidade administrativa, a juíza da 1ª Vara Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul, Joelma Ribeiro Nogueira, condenou o ex-governador Orleir Cameli a devolver R$ 221 mil. Cameli teve ainda os seus direitos políticos suspensos por oito anos.

Como agravante, a magistrada fixou multa, referente a duas vezes o valor do dano. Ficando ainda proibido de contratar o poder público. No mesmo processo, os réus Cláudio Gastão Kipper e Marco Antônio Brazauskas foram absolvidos.

Só na Comarca de Cruzeiro do Sul tramitam cinco processos contra o ex-governador, distribuí-dos entre as varas cíveis e criminais daquela instância. Três deles já estão em processo de execução. Na Comarca de Rio Branco, Cameli é réu em outras 13 ações.

Neste ano, o ex-governador já havia sido condenado pela juíza substituta Evelin Campos Cerqueira, da 2ª Vara de Fazenda Pública da Comarca de Rio Branco, a devolver R$ 24,7 milhões que foram desviados por ele e sua equipe da rubrica “Suprimento de Fundos – Verba Secreta” durante o período de sua administração, de 1995 a 1998.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation