Petecão defende novo aumento para aposentados e pensionistas

O deputado Sérgio Petecão (PMN) criticou, ontem em Rio Branco, as declarações desta semana do ministro da Previdência,José Pimentel. Terça-feira, 19, Pimentel declarou no Programa Bom Dia, Ministro,  que nenhuma categoria obteve no último ano ganho real  maior que os aposentados e pensio-nistas. “O ministro cometeu um equívoco grave e deixou muitos aposentados contra-riados”, disse o deputado. A própria Confederação Brasileira de Aposentados e Pen-sionistas (Copab) considerou as declarações do ministro prejudiciais aos interesses dos aposentados e pensionistas.

Segundo Petecão, a questão é meramente numérica. “Enquanto o salário-mínimo terá um reajuste de 9,68%, aposentados e pensionistas terão um reajuste de apenas 6,14%. Ou seja, na realidade trata-se de uma perda de 3%, como atestou o próprio diretor-financeiro da Cobap, Nelson Osório”. No final de dezembro, o presidente Lula assinou medida provisória que elevou o salário-mínimo de R$ 450,00 para R$ 510,00, o que atinge os 9,68%. Para os aposentados, o índice de reajuste ficou na casa dos 6,14%, o que repõe  apenas a variação do Produto Interno Bruto (PIB) de 2008. Os valores começaram a vigorar em 1° de janeiro e a medida provisória foi encaminhada para votação no Congresso Nacional.

O objetivo agora, segundo Petecão, é articular politicamente entre os partidos para que aposentados e pensionistas tenham os mesmos ajustes dados para o salário-mínimo. Para isto, conta com o apoio de grande número de congressistas para a provação da medida em plenário. “Este é um ano eleitoral e dificilmente o político vai se voltar contra um setor respeitado e considerável como é o caso dos aposentados e pensionistas”, avalia o parlamentar acreano. O deputado lembrou ainda que no início do ano legislativo, 2 de fevereiro, aposentados e pensionistas já marcaram uma série de manifestações para pressionar o Congresso a dar um reajuste maior nas aposentadorias e pensões.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation