Emurb trabalha na manutenção de ruas

Apesar da incidência de chuvas, o que dificulta o trabalho em campo, as equipes da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb) mantém o ritmo para garantir condições adequadas de trafegabilidade nas principais ruas da cidade. De acordo com o diretor-presidente da Emurb, Gildo César, as principais ações desenvolvidas são de tapa buracos com asfalto e recomposição do pavimento nas vias estruturantes. “Com as chuvas o solo fica saturado o que torna o pavimento mais vulnerável ao desgaste, principalmente nas vias com maior tráfego, como é o caso das vias estruturantes”, explicou.

emurb
Ele garantiu ainda que mesmo com as dificuldades acarretadas pelo clima, as equipes permanecerão de plantão, mesmo no período do Carnaval para evitar maiores transtornos à população, principalmente às pessoas que dependem de transportes coletivos.

“Os corredores de ônibus continuam sendo a prioridade uma vez que são as principais vias de ligação dos bairros com o Centro da cidade e de acesso aos serviços essenciais. Nestes trechos a manutenção é permanente”, ressaltou Gildo César.

Além do trabalho com asfalto, uma equipe especializada em drenagem e terraplanagem garante a desobstrução e as condições de tráfego nas vias que não possuem pavimentação asfáltica.

Preparação para o verão – Paralelo às ações de campo, o pessoal de manutenção das máquinas e equipamentos da Emurb trabalha intensivamente na estruturação, lubrificação e reposição de peças de tratores e caminhões da frota da empresa.

“Estamos realizando uma força-tarefa para deixar nosso maquinário em perfeito estado e com força total para as atividades de pavimentação, tapa buracos, manutenção e construção de ruas quando cessarem as chuvas e as condições de trabalho estiverem adequadas com a chegada do verão”, explicou Gildo César.

Sem detalhar os números, ele adiantou que para 2010 estão previstas inúmeras ações de melhorias nas condições das ruas da Capital, contemplando diversos bairros, através das ações e demandas previstas pelo Plano de Gestão Participativa (PGP).

Estima-se que mais de 20 equipes estejam nas ruas garantindo a execução dos serviços. Um investimento total que pode ultrapassar R$ 12 milhões, contemplando obras de pavimentação asfáltica, piçarramento, drenagem, entre outros. (Ascom PMRB)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation